terça-feira, março 19, 2019

HUNGRIA ABRE "PRIMEIRA MISSÃO DIPLOMÁTICA EUROPEIA EM DÉCADAS" NA CAPITAL DE ISRAEL, JERUSALÉM

O ministro húngaro para as Relações Exteriores, Peter Szijjarto inaugurou hoje oficialmente uma câmara de comércio em Jerusalém, um gesto aplaudido pelo primeiro-ministro israelita Netanyahu como "a primeira missão diplomática europeia aberta em Jerusalém em muitas décadas."
Falando durante a inauguração desta câmara de comércio húngaro em Jerusalém, Netanyahu informou que serão destacados três diplomatas húngaros para fins comerciais, algo considerado por ele como importante "para o comércio, para a diplomacia e para o movimento que a Hungria está actualmente a liderar para mudar a atitude da Europa para com Jerusalém."
Aquilo que diferencia esta presença húngara de outras representações europeias em Jerusalém, como é o caso da República Checa e da Eslováquia, é que esta representação húngara tem um "estatuto diplomático."
"Teremos uma presença oficial em Jerusalém" - afirmou o primeiro-ministro húngaro Viktor Orban, acrescentando: "Esperamos assim que seja um bom passo para a frente para melhorar ainda mais a relação entre os povos israelita e húngaro."
Netanyahu afirmou por sua vez que a relação entre os dois países "nunca foi tão forte."
O primeiro-ministro israelita agradeceu ainda ao primeiro-ministro húngaro o seu combate contra as "falsidades e insinuações" contra Israel nos fóruns internacionais, e também pelo seu "posicionamento contra o anti-semitismo, de forma robusta, importante e consistente."
O ministro Szijjarto afirmou na reunião de abertura de hoje que o seu país quer "uma cooperação muito próxima, melhor e mais dinâmica" entre Israel e a União Europeia.

Shalom, Israel!

segunda-feira, março 18, 2019

MILHARES ASSISTEM AO FUNERAL DE RABI ASSASSINADO POR PALESTINIANO

Não conseguiu resistir aos ferimentos o rabi Achiad Ettinger, assassinado a tiros por um palestiniano num ataque terrorista perpetrado ontem na região de Samaria.
O rabi deixa viúva e doze filhos, e vivia na povoação bíblica de Eli.
O ataque atingiu ainda outros dois israelitas, o sargento Gal Keidan, de 19 anos, que sucumbiu aos tiros e ainda o seu colega Alexander Dvorsky, que está actualmente a lutar pela vida num hospital local. 
Nas palavras do ministro da Educação de Israel, Naftali Bennett, o rabi é um "herói de Israel", tendo ainda exortado a família enlutada a não deixarem que o terrorismo os derrote.

Como vem sendo norma, a comunicação social internacional não se interessa por este tipo de notícias. Afinal, são só judeus...

Shalom, Israel!

sábado, março 16, 2019

PRESIDENTE BRASILEIRO JAIR BOLSONARO VISITARÁ ISRAEL ENTRE 31 DE MARÇO E 3 DE ABRIL

O embaixador de Israel no Brasil, Yossi Shelley, informou ontem que o presidente brasileiro Jair Bolsonaro deverá visitar o seu país, entre os próximos dias 31 de Março e 3 de Abril.
Esta informação foi dada ontem no Palácio do Planalto pelo embaixador israelita após uma audiência com Bolsonaro. 
Não se conhece ainda a intensa agenda que se espera para a visita a Israel. Antes de Israel o presidente brasileiro fará ainda visitas oficiais aos Estados Unidos e ao Chile.

JANTAR COM NETANYAHU
Sabe-se já que está agendado um jantar de Bolsonaro com Netanyahu. Esta visita incluirá reuniões importantes a realizar em Tel Aviv e na capital Jerusalém.
O presidente brasileiro retribuirá assim a visita feita por Netanyahu ao Brasil, quando da sua tomada de posse no Palácio do Planalto, tendo sido a primeira visita alguma vez realizada por um primeiro-ministro israelita ao Brasil.
O embaixador de Israel informou que a visita de Bolsonaro será "muito corrida", para que Bolsonaro possa conhecer os detalhes do país. O foco estará no incremento dos negócios entre o Brasil e Israel.
"Fazer uma pauta económica, melhorar as relações exteriores, conhecer mais o governo. É o primeiro passo para surgirem negócios" - afirmou Shelley.
O embaixador afirmou haver expectativa na assinatura de acordos nas áreas da segurança pública, ciência e tecnologia, defesa, piscicultura, e outros. O Brasil tem grande interesse na cooperação nos projectos de dessalinização da água. 

MUDANÇA DA EMBAIXADA?
Questionado sobre a prometida mudança da embaixada brasileira para a capital Jerusalém, o embaixador israelita respondeu sabiamente que, por questões de soberania, a decisão compete ao governo brasileiro. Bolsonaro prometeu em Novembro que, caso vencesse as eleições, transferiria a embaixada do seu país para Jerusalém, tal como fizeram os EUA, só que até agora nada mais aconteceu nesse sentido. 
Sabe-se que existe grande preocupação em certos sectores da política e economia brasileira, uma vez que o Brasil é um grande exportador de carne bovina e de aves para os países árabes. 

Será uma grande decepção para os muitos milhares de evangélicos e não só que votaram em Bolsonaro, na expectativa de vê-lo cumprir esta promessa eleitoral, reconhecer que o seu presidente não cumpre a promessa, acarretando graves prejuízos e consequências nada agradáveis para a nação.
Esperamos que assim não seja, e que Bolsonaro demonstre a coragem que já demonstrou ter em outras situações, concretizando a transferência da embaixada do Brasil para a única cidade onde ela deve de facto estar: a capital de Israel, Jerusalém.

Shalom, Israel!

sexta-feira, março 15, 2019

ISRAEL BOMBARDEOU 100 POSIÇÕES DO HAMAS EM GAZA APÓS ATAQUE TERRORISTA COM O DISPARO DE 2 ROCKETS DESTINADOS A TEL AVIV

 
 
A noite e madrugada passada assistiram a uma grande escalada da tensão em Israel e Gaza, com as sirenes de Tel Aviv a alertarem para a população se refugiar em função ao disparo de 2 rockets de fabrico iraniano desde Gaza e orientados para atingir a grande capital económica do país. As populações foram completamente apanhadas de surpresa, pensando-se inicialmente que se trataria de um exercício, mas a realidade constatou que era realmente um ataque terrorista, algo que já não acontecia desde 2014.
Após uma reunião de emergência do gabinete ministerial, a Força Aérea de Israel entrou no território da Faixa de Gaza com vários aviões, bombardeando durante várias horas da madrugada um total de 100 posições do Hamas, o grupo terrorista islâmico que governa aquele enclave. Apesar da intensidade dos bombardeamentos, não há notícias de vítimas humanas.

Durante a intervenção israelita, outros 9 rockets foram disparados de Gaza, mas desta vez - e como é habitual - contra as povoações israelitas fronteiriças. Destes 9, 6 foram interceptados e destruídos pelo sistema de defesa "Iron Dome."
 
HAMAS NEGA AUTORIA DO ATAQUE
Tanto o movimento terrorista Hamas como a Jihad Islâmica apressaram-se a negar a autoria do ataque, não se sabendo ao certo até agora se se terá tratado de um "descuido" - como muitos em Israel querem acreditar - ou se não terá sido mesmo originário pelo Hamas, tanto mais que este grupo está a braços com grandes manifestações de protesto nas ruas de Gaza, que tenta violentamente reprimir a todo o custo. Um hipotético ataque desta envergadura e alcance poderia servir como "cortina de fumo", visando unir os vários partidos islâmicos na região.
 
CESSAR FOGO?
Os mediadores egípcios que têm tentado negociar um acordo de cessar fogo informaram entretanto que o Hamas acordou um cessar fogo, não se sabendo ainda qual a resposta de Israel.

Shalom, Israel!
 
 
 

quarta-feira, março 13, 2019

ISRAEL REVELA "REDE TERRORISTA SECRETA DO HEZBOLLAH" NA FRONTEIRA COM OS MONTES GOLAN

ESTE MAPA REVELA A INFRAESTRUTURA DO
HEZBOLAH JUNTO À FRONTEIRA DOS MONTES
GOLAN (ISRAEL)
Segundo dados das Forças de Defesa de Israel, este rede terrorista opera sem o conhecimento do presidente sírio Assad, e tenciona fazer incursões terroristas dentro do território israelita, com operacionais recolhendo informações sobre as tropas israelitas. Para além disso, estes terroristas têm findo a armazenar grandes quantidades de armas e a construir infra-estruturas militares.

"FICHEIRO GOLAN"
Esta rede terrorista denominada "Ficheiro Golan" encontra-se actualmente na fase de preparações, armazenamento de armamento, recrutamento de membros e construção de infra-estruturas militares secretas. Esta actividade preparatória está dissimulada na Síria, uma vez que consegue assimilar-se no meio da população local.
Nota-se que os operacionais do Hezbollah se encontram constantemente a patrulhar a fronteira com Israel de forma a identificarem áreas da vedação susceptíveis de serem vulneráveis a tentativas de infiltração, recolhendo informações das actividades e rotinas das tropas das FDI ali estacionadas. 

RESPOSTA ISRAELITA
O general responsável pelo comando das FDI no Norte de Israel já avisou que Israel "não permitirá qualquer tentativa do Hezbollah de se entrincheirar junto à fronteira, e iremos actual com toda a força."
Reagindo às informações prestadas esta manhã pelo exército israelita, o primeiro-ministro já informou que isto é "a ponta do icebergue."
E, em forma de "aviso" ao Irão e ao Hezbollah, Netanyahu enfatizou: "Israel sabe o que vocês andam a fazer. Israel sabe onde é que andam a fazê-lo. Aquilo que revelámos esta manhã é apenas a ponta do icebergue. Sabemos muito mais."
Netanyahu avisou ainda que "Israel continuará a fazer tudo quanto for necessário para se defender. Continuaremos a fazer uso de todos os meios, ocultos ou não, para bloquear as tentativas do Irão de usar a Síria, o Líbano e Gaza como bases dianteiras para atacar Israel."

Shalom, Israel!

terça-feira, março 12, 2019

MONTE DO TEMPO ENCERRADO DEVIDO A CONFRONTOS COM A POLÍCIA ISRAELITA

A situação permanece tensa na Cidade velha de Jerusalém, horas depois de ter sido atirado um cocktail "molotov" contra uma estação da polícia na Cidade velha, perto do Portão dos Leões, causando ferimentos ligeiros em um dos polícias de fronteira israelitas.
Logo após este ataque terrorista, as autoridades israelitas encerraram todos os acessos de entrada e de saída do Monte do Templo, em busca dos perpetradores do ataque, despertando alguns confrontos violentos. 
Foram entretanto já detidos três palestinianos suspeitos da autoria do ataque.
Seguindo ordens superiores, o espaço tem-se mantido fechado até terminarem as buscas por mais suspeitos e outros engenhos explosivos que tenham sido deixados ali pelos terroristas.

A HABITUAL E CONDENÁVEL REACÇÃO DE ABBAS
O líder palestiniano Mahmoud Abbas, na sua habitual e pérfida hipocrisia, já veio a terreno para condenar Israel por aquilo a que denominou como "escalar da violência israelita" logo a seguir aos ataques, e alertou para as "graves consequências."
Nem vale a pena comentar a idiotice deste imbecil que, ao invés de condenar quem provocou o conflito, vem - como habitualmente faz - fazê-lo em relação àqueles que têm de agir em conformidade.
Desde que os palestinianos forçaram o acesso ao espaço junto ao "Portão Dourado", há semanas atrás, que não têm parado os confrontos na zona do Monte do Templo.

Shalom, Israel!

segunda-feira, março 11, 2019

ISRAEL APRESENTA-SE NO FESTIVAL DA EUROVISÃO COM UMA BELÍSSIMA BALADA "LAR"





Ao contrário da péssima música que no ano passado apresentou no Eurovisão em Lisboa, mas que mesmo assim lhe valeu a vitória - onde param os gostos musicais? - Israel apresenta este ano uma lindíssima e sentimental balada na competição europeia que em Maio próximo será realizada em Tel Aviv.
A canção chama-se "Home" (Lar), e será interpretada por Kobi Marimi, um jovem cantor de 27 anos e que conquistou o primeiro lugar na competição televisiva "A próxima estrela."
A canção "Home" foi a melhor qualificada em Israel no meio das 200 canções concorrentes.
A primeira final do concurso "Eurovisão" será em 18 de Maio. Como Israel é o país anfitrião deste festival musical que é visto por centenas de milhões de espectadores na Europa e Austrália, a canção que representa Israel passará automaticamente à final, a realizar dias depois, também em Tel Aviv.

Desejamos o melhor dos sucessos para esta apresentação de Kobi Marimi, e que Israel possa mais uma vez ganhar esta competição, desta vez com uma canção belíssima e que já não sai mais dos ouvidos...!

Shalom, Israel!