quinta-feira, agosto 07, 2014

MILHARES DE PALESTINIANOS MANIFESTAM-SE EM GAZA A FAVOR DE ATAQUES CONTRA ISRAEL

Em total contraste com a atitude de "compaixão" que a comunidade internacional estupidificada pelos media tem manifestado pelos "pobres palestinianos vítimas de Israel", milhares de residentes de Gaza vieram hoje para as ruas exigir que Israel seja atacado. 
É certo que esta manifestação foi promovida pelo Hamas, e ninguém saberá nunca quais os meios que os terroristas terão utilizado para levar parte da população a manifestar apoio aos bandidos islâmicos. Sabe-se quais os meios cruéis e sanguinários que eles usam para acumular o ódio internacional contra Israel, como é o caso da utilização de crianças e civis como escudos humanos, o disparo de rockets a partir de hospitais, mesquitas, escolas e até de uma igreja cristã em Gaza. 
Esta manifestação organizada pelo Hamas tem um objectivo psicológico: convencer a população de que os terroristas obtiveram a vitória sobre Israel. Mas as palavras de ordem incluem apelos à continuação dos lançamentos de rockets contra Israel, o apoio à construção de túneis e a resistência à "ocupação", e declarações como esta: "A guerra ainda não terminou."
A atitude desta gente contrasta completamente com a dos israelitas que, acima de qualquer outra coisa, desejam e lutam pela paz, tendo as forças militares retirado de Gaza assim que o principal objectivo foi atingido. 
Enquanto isso, os representantes do Hamas no Egipto exigem a Israel várias condições sem as quais não haverá cessar fogo. Os terroristas aliás ameaçam romper o cessar fogo que tem o seu término amanhã pelas 8 horas da manhã. Israel já se pronunciou a favor da continuação das tréguas, mantendo-se no entanto alerta, e ameaçando atacar duramente o Hamas caso este movimento terrorista volte a atacar Israel com rockets.


3 comentários:

Filho de Jacó disse...

Parece que esses Palestinos estão querendo Suicídio em Massa. Para mim eles estão usando Crianças e Civis como escudo humano para tentar colocar as Nações contra Israel. Eu fico irritado vendo as Nações pedindo Paz e esses esmagados pedindo mais Guerra.

Jairo. disse...

Se este maluco, quer matar ainda mais pessoas inocentes, como tem feito covardemente, é só lançar o primeiro foguete. Pois tenho certeza, que ele mesmo, estará bem longe da resposta da Terra Santa

Jairo.

Cesar Augusto Cabral Arevalo Iehouah disse...

Seja em visão religiosa ou política só há uma solução correta; Israel controlar incondicionalmente Gaza, Cisjordânia e todo perímetro que por 3500 anos lhe corresponde,arcando com consequências locais e globais.