quinta-feira, junho 18, 2020

TAL COMO PROFETIZADO POR JEREMIAS, O NÚMERO DE JUDEUS EMIGRANDO PARA ISRAEL É SEM PRECEDENTES!

As últimas estimativas anunciadas por Jerusalém calculam em 90.000 o número de judeus vindos da Diáspora e que farão retorno a Israel até ao final de 2021. 
Esse processo de naturalização em Israel de judeus (olim) fazendo retorno (aliyah) deverá trazer a Israel cerca de 90 mil judeus de todo o mundo durante os próximos 18 meses.
Segundo uma das organizações dedicadas a esta missão de retorno de judeus, só nos EUA houve mais judeus a pedirem o retorno ou informações sobre o mesmo durante o passado mês de Maio do que num simples mês dos últimos vinte anos.

MINISTRA ISRAELITA PARA O "ALIYAH", PNINA TAMANO-SHATA
Em comparação a Maio do ano passado, a organização Nefesh b' Nefesh recebeu perto do dobro dos pedidos no mês passado, ou seja: mais de 800 agregados familiares inscreveram-se no processo no mês passado, enquanto em Maio de 2019 o número foi de 424.

QUAL A CAUSA DESTA INESPERADA PROCURA?
Várias situações se conjugam para que muitos judeus pensem seriamente em fazer "aliyah" para a Terra Prometida: o surto do coronavírus, com que Israel lidou muito melhor do que a maioria dos países, a instabilidade financeira, a insegurança global e o antissemitismo crescente.
Todos esses factores conjugados "empurram" muitos para a única alternativa viável: o retorno à Terra dos seus ancestrais, Israel.
Segundo alguns entendidos, todas estas circunstâncias são "sinais" de Deus ao Seu povo eleito, para que cumpra o mandato anunciado pelos profetas de outrora: "Há esperança quanto ao teu futuro (ó Israel), diz o Senhor, porque os teus filhos voltarão para os seus termos." - Jeremias 31.17.

Shalom, Israel!

3 comentários:

Victor Nunes disse...

muito bom

Alfredo Balbino disse...

SHALOM ISRAEL!
Como está escrito em ISAIAS 14;24,o que o senhor determinou, executará. A palavra do eterno é viva e eficaz.

Olga disse...

Amém... graças a Deus! Que tudo se cumpra! Israel éo relógio de Deus!
Shalom!
Olga