sábado, junho 27, 2009

BANCO MUNDIAL VAI APOIAR CANAL DO MAR MORTO

O projecto conjunto entre Israel, a Jordânia e a Autoridade Palestiniana que prevê a construção de um canal com mais de 150 kms que irá ligar o Mar Morto ao Mar Vermelho irá receber apoio financeiro do Banco Mundial, segundo conclusões da reunião havida em Washington entre o vise-primeiro ministro israelita Silvan Shalom e o presidente do Banco Mundial, Robert Zoellick.
O projecto visa a dessalinização e o aumento da quantidade de água no Mar Morto em 200 milhões de metros cúbicos, evitando o seu previsto desaparecimento.
O projecto inclui também uma grande instalação de dessalinização a ser usada pelas 3 entidades.
O vice-primeiro ministro israelita reuniu-se há poucos semanas com uma alta autoridade da Jordânia para os planos finais do projecto.
Este é um passo dramático de grande importância e que pode levar a um grande avanço do projecto" - adiantou Shalom - "Este projecto tem estado parado há anos. Vemos o mesmo como um grande avanço para a paz económica".
Crê-se que o projecto fique pronto entre 2010 e 2011, e seja um passo para a prosperidade económica da região e uma resposta aos graves problemas com a carência de água tanto em Israel como na Jordânia.
Além de tudo, este projecto - saibam eles ou não - está profetizado na Bíblia como um dos acontecimentos dos últimos dias.
Shalom, Israel!

1 comentário:

Ruben MANUEL PEREIRA Fontoura e Celeste Maria Morais Gonçalves Fontoura. disse...

Mais uma profecia a caminho da se tornar real... Tinha alguma esperança de ver o que resta das cidades de Sodoma e Gomorra, mas parece que Deus não vai permitir isso. Pelo menos assim parece. O Governo de Israel terá mesmo motivos de preocupação, pois o Mar Morto (ou Mar Salgado) está em vias de desaparecimento, se não houver intervenção Divina ou humana.