quinta-feira, novembro 10, 2011

PODERÁ O IRÃO DESTRUIR ISRAEL?



Sujeito à crescente e inescapável pressão internacional - especialmente de países ocidentais - o regime iraniano começa a disparatar em todas as direcções, ameaçando tudo e todos, especificamente Israel, repetindo filmes já antes rodados e cujo fim é sempre o mesmo: Israel triunfa e os seus inimigos são extintos, ou pelo menos seriamente abalados.
Esta actual retórica faz lembrar aquela do Saddam Hussein, quando durante a primeira guerra no Iraque vociferava as suas ameaças contra Israel, concretizando as mesmas com o lançamento dos famosos 39 scuds cuja trajectória o Poderoso Deus de Israel fez desviar para protecção do Seu povo eleito a quem Ele decidiu nos "últimos dias" trazer de volta à Sua Terra.
Israel sobreviveu ao ataque da moderna Babilónia, que hoje se encontra em frangalhos, e o grande inimigo de Sião, o arrogante e "todo-poderoso" Saddam acabou os seus dias pendurado na forca com que o seu próprio povo o presenteou.
Assim acontece com aqueles que desafiam Israel. Eles esquecem-se que muito para além da temível capacidade e avanço militar desta nação, das ogivas nucleares de que dispõe e dos novos mísseis Jericho capazes de atingir um alvo a cerca de 7.000 kms, Israel conta acima de tudo com a protecção do Deus das alianças feitas com Abraão, Isaque e Jacob, das quais nunca Se desviou, e que são a única razão da miraculosa sobrevivência e existência de um povo que vive no único estado do mundo ameaçado de extinção.
Através do profeta Jeremias, Deus falou algo que nos dá grande confiança nos Seus planos, cuidados e constante fidelidade: "Assim diz o Senhor: Se puderdes invalidar  o Meu concerto do dia, e o Meu concerto da noite, de tal modo que não haja dia  e noite a seu tempo, também se poderá invalidar  o Meu concerto com David, Meu servo..." (33:20,21).
"Eis que Eu os (judeus) congregarei de todas as terras, para onde os houver lançado na Minha ira, e no Meu furor, e na Minha grande indignação; e os tornarei a trazer a este lugar e farei que habitem nele seguramente" (32:37).
"Assim diz o Senhor, que dá o sol para luz do dia e as ordenanças da lua e das estrelas para luz da noite, que fende o mar e faz bramir as suas ondas; Senhor dos Exércitos é o Seu Nome. Se se desviarem estas ordenanças de diante de Mim, diz o Senhor, deixará também a semente de Israel de ser uma nação diante de Mim, para sempre. Assim disse o Senhor: se puderem ser medidos os céus para cima, e sondados os fundamentos da terra para baixo, também Eu rejeitarei toda a semente de Israel, por tudo quanto fizeram, diz o Senhor." (31:35-37).
"E habitarão na terra que dei a Meu servo Jacob, na qual habitaram vossos pais; e habitarão nela, eles, e seus filhos, e os filhos de seus filhos, para sempre, e David, Meu servo, será seu príncipe eternamente...e as nações saberão que Eu sou o Senhor que santifico a Israel, quando estiver o Meu santuário no meio deles, para sempre" (Ezequiel 37:25, 28).
"E o Senhor bramará de Sião e dará a Sua voz de Jerusalém, e os céus, e a terra tremerão, mas o Senhor será o refúgio do Seu povo e a fortaleza dos filhos de Israel...Judá será habitada para sempre, e Jerusalém, de geração em geração" (Joel 3:16, 20).
"E os plantarei na sua terra, e não serão mais arrancados da sua terra que lhes dei, diz o Senhor, teu Deus" (Amós 9:15).
Deus promete que as nações que vierem lutar contra Israel sofrerão tais derrotas que "lamberão o pó como serpentes", e, "tremendo, sairão dos seus encerramentos (esconderijos); com pavor virão ao Senhor, nosso Deus, e terão medo de ti (Israel) - profeta Miquéias 7:17.
Israel nada tem a temer! Ai daqueles que levantarem a mão contra o povo que Deus elegeu para habitar na Terra da Promessa! A História confirma que todos eles acabam mal, mas parece que nunca aprendem. Mahmoud Ahmadinejad e outros párias estão condenados não só ao fracasso, mas também à desgraça em que vão cair, arrastando desgraçadamente atrás de si um povo subjugado e cuja mente tem sido desde tenra idade estupidamente fermentada com o ódio a Israel e ao seu povo...
Shalom, Israel!

2 comentários:

Luciano de Paula Lourenço disse...

Jamais! Nem o Irão, nem a hipócrita Rússia e a China, ninguém! Israel é indestrutível, não por causa de seu poder bélico; mas, por porque tem a proteção do Deus Onipotente, o Deus de Israel. Tenho plena certeza disso! Ele disse: “Não temas, ó bichinho de Jacó, povozinho de Israel; eu te ajudo, diz o SENHOR, e o teu Redentor é o Santo de Israel”(Isaias 41:14).
Esses déspotas, que acham que vão destruir Israel, deveriam olhar para o retrovisor e observar, com os olhos bem abertos, o que aconteceu com os seus pares, na guerra dos seis dias e na guerra do Yon Kippur. Vão se dá mal se enfrentarem o Deus dos Exércitos, o Deus vivo e verdadeiro, o Deus de Israel.
Luciano Lourenço

Pr.Pina disse...

Rm 11.1 Pergunto, pois: Acaso rejeitou Deus ao seu povo? De modo nenhum; por que eu também sou israelita, da descendência de Abraão, da tribo de Benjamim.
Rm 11.2 Deus não rejeitou ao seu povo que antes conheceu. Ou não sabeis o que a Escritura diz de Elias, como ele fala a Deus contra Israel, dizendo:
Rm 11.3 Senhor, mataram os teus profetas, e derribaram os teus altares; e só eu fiquei, e procuraram tirar-me a vida?
Rm 11.4 Mas que lhe diz a resposta divina? Reservei para mim sete mil varões que não dobraram os joelhos diante de Baal.

ZACARIAS 14
Zc 14.1 Eis que vem um dia do Senhor, em que os teus despojos se repartirão no meio de ti.
Zc 14.2 Pois eu ajuntarei todas as nações para a peleja contra Jerusalém; e a cidade será tomada, e as casas serão saqueadas, e as mulheres forçadas; e metade da cidade sairá para o cativeiro mas o resto do povo não será exterminado da cidade.
Zc 14.3 Então o Senhor sairá, e pelejará contra estas nações, como quando peleja no dia da batalha.
Zc 14.4 Naquele dia estarão os seus pés sobre o monte das Oliveiras, que está defronte de Jerusalém para o oriente; se o monte das Oliveiras será fendido pelo meio, do oriente para o ocidente e haverá um vale muito grande; e metade do monte se removerá para o norte, e a outra metade dele para o sul.
Zc 14.5 E fugireis pelo vale dos meus montes, pois o vale dos montes chegará até Azel; e fugireis assim como fugistes de diante do terremoto nos dias de Uzias, rei de Judá. Então virá o Senhor meu Deus, e todos os santos com ele.
Zc 14.6 Acontecerá naquele dia, que não haverá calor, nem frio, nem geada;
Zc 14.7 porém será um dia conhecido do Senhor; nem dia nem noite será; mas até na parte da tarde haverá luz.
Zc 14.8 Naquele dia também acontecerá que correrão de Jerusalém águas vivas, metade delas para o mar oriental, e metade delas para o mar ocidental; no verão e no inverno sucederá isso.
Zc 14.9 E o Senhor será rei sobre toda a terra; naquele dia um será o Senhor, e um será o seu nome.
Zc 14.10 Toda a terra em redor se tornará em planície, desde Geba até Rimom, ao sul de Jerusalém; ela será exaltada, e habitará no seu lugar, desde a porta de Benjamim até o lugar da primeira porta, até a porta da esquina, e desde a torre de Hananel até os lagares do rei
Zc 14.11 E habitarão nela, e não haverá mais maldição; mas Jerusalém habitará em segurança.

GÉNESIS 12
DEUS CHAMA A ABRÃO
Gn 12.1 Ora, o Senhor disse a Abrão: Sai-te da tua terra, da tua parentela, e da casa de teu pai, para a terra que eu te mostrarei.
Gn 12.2 Eu farei de ti uma grande nação; abençoar-te-ei, e engrandecerei o teu nome; e tu, sê uma bênção.
Gn 12.3 Abençoarei aos que te abençoarem, e amaldiçoarei àquele que te amaldiçoar; e em ti serão benditas todas as famílias da terra.

SALMOS 122
SAUDAÇÃO A JERUSALÉM
Sl 122.1 Alegrei-me quando me disseram: Vamos à casa do Senhor.
Sl 122.2 Os nossos pés estão parados dentro das tuas portas, ó Jerusalém!
Sl 122.3 Jerusalém, que és edificada como uma cidade compacta,
Sl 122.4 aonde sobem as tribos, as tribos do Senhor, como testemunho para Israel, a fim de darem graças ao nome do Senhor.
Sl 122.5 Pois ali estão postos os tronos de julgamento, os tronos da casa de Davi.
Sl 122.6 Orai pela paz de Jerusalém; prosperem aqueles que te amam.
Sl 122.7 Haja paz dentro de teus muros, e prosperidade dentro dos teus palácios.
Sl 122.8 Por causa dos meus irmãos e amigos, direi: Haja paz dentro de ti.
Sl 122.9 Por causa da casa do Senhor, nosso Deus, buscarei o teu bem.

Muitas são as profecias Bíblicas que garantem a vitoria de Israel,não sem passarem por dificuldades,mas o Deus de Israel,o Senhor dos Exércitos velará pela sua Palavra e a cumprirá com o seu povo Israel.