segunda-feira, julho 06, 2015

DOMO DA ROCHA "EM VIAS DE EXTINÇÃO" - AFIRMA A CNN

A cadeia norte-americana de TV "CNN" divulgou na semana passada uma lista daquilo que considera serem as "25 magníficas estruturas em vias de extinção", estando a Cidade antiga de Jerusalém no topo da lista.
A cadeia noticiosa citou a "tensão política" como razão primária para que o sítio se encontre em perigo.
A Cidade velha, bem como as suas muralhas, encontra-se desde 1982 à cabeça da "Lista do Património Mundial em perigo" organizada pela UNESCO, segundo proposta feita pela Jordânia.

A Cidade velha é aquela que há mais tempo tem estado continuamente nesta lista da UNESCO. A CNN divulgou a lista, destacando o "Domo da Rocha" do meio dos outros 200 monumentos anualmente visitados por milhões de turistas que visitam Jerusalém.
A parte oriental de Jerusalém, incluindo a Cidade velha, ficou sob domínio jordano desde 1948, durante a Guerra da Independência de Israel. Em 1967, durante a Guerra dos Seis Dias, a Cidade foi reunificada e anexada por Israel, uma medida que até ao dia de hoje não tem sido reconhecida a nível internacional. Desde essa altura que a Cidade tem sido um epicentro de conflitos.
Num desastroso esforço para manter a estabilidade, logo após a reunificação, o governo israelita optou por ceder o controle do Monte do Templo à Waqf muçulmana sediada na Jordânia. Este mesmo Monte onde outrora foram erigidos o primeiro e o segundo Templo...

E as consequências desta desastrosa decisão são fáceis de ver: os não muçulmanos (judeus e cristãos) estão proibidos de fazer quaisquer orações ou leituras da Bíblia no Monte; qualquer espécie de ritual religioso não islâmico é imediatamente combatido, muitas vezes de forma violenta; o acesso ao Monte por parte de judeus e não muçulmanos tem bastantes restrições; e como se isto não bastasse, na semana passada a comunicação social divulgou a imagem de uma bandeira negra do "ISIS" desfraldada no Monte...
Realmente o local mencionado pela CNN está "em vias de extinção" e o próprio Monte em si, mas não pelas razões apontadas pela CNN. A Waqf muçulmana continua a fazer escavações no local, e isso sem qualquer autorização ou métodos de preservação. Isso, sim, põe em causa a estabilidade do lugar...
Para além disso, a Waqf muçulmana tem vindo a ser acusada de andar a tentar destruir evidências arqueológicas que comprovam a presença judaica na região e no Monte do Templo.

Shalom, Israel!

4 comentários:

Renato Almeida disse...

Estamos próximos do grande dia!
Jesus Cristo deve retornar por estes dias!aleluia!!

paulo souza disse...

Maranata, maranata ora vem Senhor Jesus ...!

Olga disse...

Bandeira do ISIS? Eu sou cristã e não gostaria de ver minha religião ou igreja ligada a nebhum movimento criminoso! Por que os muçulmanos que são milhões não se unem para combater terroristas como estes? Por que não se unem para levar a paz, o progresso e a educação para o mundo ao invés de recrutarem jovens do mundo inteiro para um exercito satanico de destruição e morte?
Quanto a destruir evidências arqueológicas é também tática de guerra para depois acusar, por exemplo, Israel de invasor! E, nações, principalmente, do ocidente, cometem crime maior ao serem cúmplices de tal crime não permitindo que ensinem às crianças e jovens a verdadeira História. Sabemos que há paises que querem abolir inclusive o ensino sobre o holocausto para não "ferir" os sentimentos de alguns... Enfim, países como os Estados Unidos que antes podiam manter uma certa coerencia, hoje confrontam a soberania de Deus. Não porque não acreditem na sua existência, mas porque fizeram opção por outro deus e, penso que são os países que servem a este deus que estão bancando os Estados Unidos hoje crendo que a setença que está sobre ele não será cumpida... "Pesado fostes na balança"...
Shalom Israel!
Olga

Olga disse...

Eu não tenho nada contra os Estados Unidos ou outra nação, mas penso que tem acontecido muitas coisas: Atentados como o do Word Trater Center, Tsunamis, ISIS, etc... Tanto individuos quanto nações deveriam perceber que não há mais tempo de brincar ou ficar indiferente. No mínimo deveríamos refletir um pouco: Será tudo isto natural? O problema é que a resposta a esta reflexão poderá indicar o que virá, isto é, nosso futuro... Talvez, seja este o problema dos Estados Unidos... O cenário politico, economico está sendo manipulado de tal forma que o bandido virou mocinho, as pessoas ficaram céticas, o amor esfriou e o terreno está preparado para a apostasia.
Se gays do mundo inteiro hoje, por exemplo, têm motivos para se orgulharem mais ainda da sua condição devem isto aos Estados Unidos da América. O presidente Obama parece pensar como os governantes aqui do terceiro mundo. Acha que uma lei pode corromper um homem de carater...Não acredita que para muitos "Importa mais obedecer a Deus que os homens"... Missionários do passado que sairam de nações como esta sabiam disso, presidente! Nem estes o senhor honrou com seu discurso politicamente correto! Eu temo que a visão de governantes como este e de religiosos como o papa segue uma agenda pré estabelecida... A agenda do governo mundial e esta é totalmente contrária a Israel! Mas, a palavra de Deus precisa ser cumprida...
"Ainda veio a mim a palavra do Senhor, dizendo: Que é que vês, Jeremias? E eu disse: Vejo uma vara de amendoeira.
E disse-me o Senhor: Viste bem; porque eu velo sobre a minha palavra para cumpri-la".Jr 1:11;12