sábado, novembro 17, 2018

SÓ NUM ÚNICO DIA, A ONU APROVA 9 RESOLUÇÕES DE CONDENAÇÃO A ISRAEL

Desde há muito que Israel se habituou aos desmandos de uma mais que desacreditada e corrompida ONU, cada vez mais enlameada com decisões e resoluções que apontam numa única direcção - Israel - negligenciando por completo outros países verdadeiramente fomentadores e promotores do terrorismo e do desrespeito pelos direitos humanos.
Ontem mesmo, uma comissão especial da Assembleia Geral da ONU, votou a favor de 9 resoluções que atacam a nação de Israel - sem uma única menção aos restantes países do mundo...
As resoluções foram passadas em rápida sucessão pela denominada "quarta comissão" da Assembleia Geral, também conhecida como "Comissão Política Especial para a Descolonização."
O tema principal das condenações é a questão palestiniana. Como sempre. Não só esta comissão é a grande sustentadora da comissão para os "refugiados palestinianos" e seus descendentes criada em 1948, como também opera a "Comissão especial para investigação das práticas israelitas afectando os direitos humanos do povo palestiniano e outros árabes dos territórios ocupados" - uma comissão criada em 1968 pela então União Soviética e seus aliados árabes.

O debate foi dirigido pelo embaixador da...Arábia Saudita...
"apenas" um dos países com mais violações de direitos humanos...!
CONDENAÇÕES E MAIS CONDENAÇÕES...SÓ PARA ISRAEL
A sessão de ontem viu Israel ser condenado por alegados abusos de direitos humanos, a "ocupação" de Jerusalém oriental, e a "ocupação" dos Montes Golan capturados à Síria durante a Guerra dos Seis Dias, em Junho de 1967.
Totalmente ignorados na maléfica sessão de ontem foram a continuada guerra civil na Síria e seus crimes, e o contínuo abuso dos direitos humanos nesses devastado país árabe.
Uma das resoluções ignorou por completo a violência árabe, ao enfatizar: "a responsabilidade de Israel, a potência ocupante, de investigar todos os actos de violência dos colonos contra civis palestinianos e suas propriedades, assegurando responsabilidade por tais actos."
Uma outra resolução condenou Israel por recusar cooperar com a "Comissão especial para Investigar as Práticas Israelitas" , reivindicando ainda que a crise contínua em Gaza - administrada pelo Hamas, e de onde Israel se retirou por completo em 2005 - era consequência das "injustas práticas e medidas israelitas."
Tanta estupidez reunida dá vontade de rir...
Israel condenado 9 vezes. Resto do mundo, 0...
Estas resoluções foram tomadas poucos dias depois de Israel ter sido atacado com 460 mísseis e bombas, perante o silêncio absoluto destas mesmas Nações Unidas...
Esta mesma pérfida organização de nações continua a manter silêncio absoluto perante as constantes violações dos direitos humanos na China, Venezuela, Arábia Saudita, Bielorrússia, Cuba, Turquia, Paquistão, Vietname, Argélia, e ainda em outros 175 países...

Shalom, Israel!

6 comentários:

Olga disse...

Estes dias eu estava pensando... se há forças sobrenaturais do mal operando no mundo. Somente forças sobrenaturais do bem pode vencê-las! Operando Deus quem impedirá?
Esta ONU é uma espécie de coletivo de Balaão... tá sempre procurando uma brecha para corromper Israel!
Vamos clamar a Deus para dar a ela a medida exata da Justiça de Deus!
Shalom Israel!
Olga

Victor Nunes disse...

essa ONU não é nada perto do Deus de Israel o Senhor dos Exercitos

jose WELLINGTON BELCHIO Belchio disse...

Essa onu é uma piada mesmo só Israel que não poder ser defender dos inimigos do seu povo vai para o inferno ONU

jose WELLINGTON BELCHIO Belchio disse...

Essa onu é uma piada mesmo só Israel que não poder ser defender dos inimigos do seu povo vai para o inferno ONU

jose WELLINGTON BELCHIO Belchio disse...

Essa onu é uma piada mesmo só Israel que não poder ser defender dos inimigos do seu povo vai para o inferno ONU

Ruben Fontoura disse...

E onde param os Estados Unidos, no meio disso tudo?