segunda-feira, junho 16, 2014

PROSSEGUE A SAGA PELA LOCALIZAÇÃO DOS 3 JOVENS RAPTADOS PELOS TERRORISTAS PALESTINIANOS

Prossegue a dor dos familiares e amigos dos 3 adolescentes raptados na semana passada por um comando terrorista nas imediações de Hebron.
O primeiro-ministro Netanyahu apelou ao presidente palestiniano Abbas para que "ajude a trazer os rapazes para casa." Esta foi a primeira vez em vários meses que os dois líderes se comunicarem entre si.
"Espero que preste assistência no retorno dos jovens raptados e na apreensão dos raptores. Os raptores do Hamas vieram de território sob controle da Autoridade Palestiniana e regressaram a território sob controle da Autoridade Palestiniana" - afirmou o primeiro-ministro ao líder da Autoridade Palestiniana.
Abbas emitiu entretanto um comunicado condenando o rapto dos jovens ao mesmo tempo que a operação de detenção de palestinianos levada a cabo por Israel. 
Os 3 jovens - Eyal Yifrach, de 19 anos, Gil-Ad Shaer, de 16, e Naftali Frenkel, de 16 anos - estão desaparecidos desde a passada Quinta-Feira à noite, havendo uma gigantesca operação de caça ao homem desde essa altura. 
As informações actuais aludem que os rapazes estarão vivos, algures na região da Judeia e Samaria.
Segundo Netanyahu este acontecimento "expôe a verdadeira face do terrorismo contra o qual estamos a lutar." E para o primeiro-ministro de Israel a recente aliança entre a AP e os terroristas do Hamas só veio agravar a situação.

DEZENAS DE PALESTINIANOS DETIDOS
Nas últimas horas, dezenas de palestinianos têm sido detidos pelas forças de Israel, incluindo o próprio líder do parlamento palestiniano. 
Segundo um dos comandantes israelitas, "Estamos a encaminhar-nos para uma operação em larga escala. Temos um objectivo: encontrar os 3 adolescentes, trazê-los de volta a casa, ferir o Hamas o mais que pudermos, e avançar."
TERRORISTA PALESTINIANO DO HAMAS
No total, cerca de 150 palestinianos já foram detidos desde o início das operações de busca.
O governo israelita estará a reunir-se esta tarde para deliberar sobre novas acções punitivas contra o Hamas, incluindo a deportação de vários líderes do movimento terrorista para a Faixa de Gaza.

Peçamos a Deus para que muito em breve estes 3 jovens vítimas do terrorismo palestiniano sejam encontrados sãos e salvos!

Shalom, Israel!

1 comentário:

Nuno Alves disse...

Interessante notar quem em Portugal nem sequer falam disso, se fosse 3 palestinianos a desaparecer............ Enfim, eles continuam a ser santos, e os Israelitas(que não são perfeitos)são uns autênticos "demónios". Força Israel o Senhor é contigo.