quarta-feira, maio 11, 2016

PRIMEIRO-MINISTRO FRANCÊS CRITICA DECISÃO DA UNESCO

A decisão da UNESCO de não aceitar a ligação dos judeus ao Monte do Templo foi denunciada e criticada por Manuel Valls, o primeiro-ministro francês, como "desajeitada" e "infeliz."
Esta decisão da UNESCO, já demasiado reconhecida pelo seu anti-semitismo, foi deliberada no passado dia 16 de Abril, suscitando a ira em Israel e nas comunidades judaicas espalhadas pelo mundo, uma vez que desprezou as mais que evidentes ligações históricas do povo judeu àquele que é considerado exactamente o lugar mais sagrado para o judaísmo.
As alusões feitas pela UNESCO ao Monte do Templo referem-se apenas à mesquita Al-Aqsa e ao Al-Haram Al Sharif, excepto duas menções da praça do Muro Ocidental, mesmo assim colocadas entre parêntesis.
"Esta resolução da UNESCO contém expressões infelizes e desajeitadas que ofendem e que deveriam inquestionavelmente ser evitadas, tal como o voto em si" - afirmou Valls ao parlamento francês. 
O próprio ministro do Interior francês criticou a votação favorável do seu governo a esta decisão da UNESCO, alegando que "não apoia o seu texto."
Segundo este ministro, a própria resolução "não devia ter sido adoptada."

Shalom, Israel!

3 comentários:

olga disse...

Eu tenho uma tese. Um traficante, por exemplo, quando quer viciar uma pessoa tem preferência pelas crianças e adolescentes... Ele sabe que esta é uma idade vulnerável, pois o ser humano está em formação. O mesmo se dá com organizações como a UNESCO. É uma organização criminosa que tem poder de influenciar milhões de jovens e crianças ao redor do mundo com sua deturpação da verdade e mudança de paradigma. A unica coisa que justifica as atitudes da ONU, Estados Unidos, Europa, etc. com relação a Israeel é o governo do anticristo que já está operando no mundo. E, felizmente nós cristãos não temos nada dele e ele não tem nada de nõs, por isso defendemos Israel e cremos que Israwl é a menina dos olhos de Deus.
Ai das nações da terra que pensam que podem mudar tempos, testamentos e aliança!A aliança de Deus com Israel é eterna? Quem é esta UNESCO (incircunciso) para desafiar os decretos de Deus?
Shalom, Israel!
Olga

olga disse...

A Aliança de Deus com Israel é Eterna! É ponto de exclamação e não interrogação. A digitação pode errar, mas é só mais um erro humano! Deus não erra e não muda! Aleluia!
Pois contra Jacó não vale encantamento, nem adivinhação contra Israel; neste tempo se dirá de Jacó e de Israel: Que coisas Deus tem feito!
Números 23:23 Aleluia!
Shalom, Israel!
Olga

Dalmo mendonçadasilva disse...

Creio que o Senhor Jeová tem uma aliança eterna com a nação de Israel