terça-feira, julho 12, 2016

SINÉDRIO DECLARA 2016 COMO O "ANO DO INÍCIO DA CONTAGEM DOS JUBILEUS"

Após deliberações que se arrastaram por um ano inteiro, o "Sinédrio Nascente" declarou que este é o primeiro ano da contagem do ciclo dos 50 anos do Jubileu bíblico. Isso não apenas reitera um mandamento bíblico, mas tem implicações no estatuto de Israel como nação mandatada pela Bíblia, no retorno da terra para os judeus e o assegurar de que todo o judeu tem uma herança na Terra.
O Jubileu (Hayovel no hebraico) é um mandamento bíblico que é observado exclusivamente na Terra de Israel. É o quinquagésimo ano que surge depois de um período de 7 anos sabáticos (49 anos.)
O ano do Jubileu obriga ao cumprimento de vários mandamentos relacionados com direitos de propriedade e o retorno da Terra aos seus donos originais, os judeus, aos quais a mesma foi concedida por sortes. Nesse ano as dívidas terão de ser perdoadas e em tempos bíblicos, os escravos que se tivessem vendido para pagamento de dívidas eram libertos.
Devido às várias implicações temporais, o Jubileu não vinha sendo cumprido desde os dias do Segundo Templo, quando os judeus retornaram do exílio babilónico. 
Ainda que esta decisão do Sinédrio venha a ter poucas implicações práticas na actualidade, a verdade e que esta é uma decisão revolucionária que terá tremendas consequências no futuro.
Segundo um dos rabinos membros do Sinédrio, "O Jubileu é um mitzvah (mandamento) nacional que requer a existência de uma nação judaica presente na Terra de Israel. O Sinédrio declarou que estamos agora de facto na profetizada terceira herança da terra, tendo a primeira ocorrido com Josué e a segunda após o exílio da Babilónia."
E o rabino Weiss acrescenta: "É altura de começar-se a observar o mandamento positivo da contagem dos Jubileus. A maior parte dos judeus que não negam a sua identidade judaica vivem agora em Israel. Não há nação judaica fora da Terra de Israel. Têm de haver pelo menos 600.000 desses judeus, tal como o número que retornou do Egipto sob a liderança de Josué."
E, clarificando: "Quando tais condições tiveram sido satisfeitas, como agora claramente acontece, as condições para se iniciar a contagem do Jubileu estão satisfeitas."

Shalom, Israel!

4 comentários:

Jeferson Martiniano disse...

Glórias a DEUS!!! ALELUIA!!!

Game maniaco disse...

isso quer dizer q jesus voltara somente depois de mais 50 jubileus?

Renatto Santtos disse...

Acredito que ja Estamos dentro desses ultimos 50 anos. Inicio em 1969 e encerrara 2019. E apois Isso o livre arbitrio recebera uma grande carga de turbulencia por causa das crueldades realizadas por todos nos em epoca longínquos. E após a Grande Tribulação como nunca houve e não haverá mais, JESUS VOLTA AO SEU MUNDO CON PODER E GRANDE GLÓRIA. E Todos ajoelharam até mesmos os que é O Crucificaram. E todos as pessoas Cruéis que estiverem na terra, de baixo da terra e no Céu serão expulso para o Planeta que já está acerca de nosso sistema solar. Irá se cumprir todas as profecias do Vellho Testamento até o Novo Testamento e seu APOCALIPSE.

É a terra e no céu da Terra será governado por DEUS e seu Cristo.

AMÉM!!

Game maniaco disse...

mas em 2016 nao é o inicia dos 50 jubileus q depois de todos esses anos e seculos q estao por vim nosso senho vira em grande gloria? tem um monte de previsoes ai para esses anos entre 2015 a 2019 guerras etc mas nada concreto ate o momento q podemos falar nessa transformação da humanidade e nesse evento grandioso da historia