quinta-feira, abril 28, 2016

ISRAEL REJEITA "PLANO DE PAZ" FRANCÊS

O governo de Jerusalém rejeitou à partida o plano de paz entre judeus e palestinianos proposto pela França e que teria o seu "arranque" com uma conferência a realizar no próximo mês de Maio. A resposta israelita a esta proposta francesa é que o único caminho para resolver o conflito que dura desde há décadas passa pelas conversações directas.
"Israel adere à posição de que a melhor forma de acabar com o conflito entre Israel e os palestinianos são as negociações directas e bilaterais" - informou o gabinete do primeiro-ministro israelita.
"Israel está pronto para começar imediatamente sem pré-condições. Quaisquer outras iniciativas políticas distanciam os palestinianos das negociações directas" - termina o comunicado.
Ao que parece, o presidente da Autoridade Palestiniana Mahmoud Abbas revelou interesse em encontrar-se com o primeiro-ministro israelita Benjamin Netanyahu, ainda que nenhuma das partes tenha ainda dado o primeiro passo para tal.
Na semana passada, o governo francês anunciou a organização de uma conferência internacional para 30 de Maio, com a participação de ministros de 20 países, sem a presença de representantes israelitas e palestinianos. O plano francês inclui a formação de 2 estados, lado a lado, partilhando a cidade de Jerusalém como capital mútua. 

Shalom, Israel!

4 comentários:

Jorge Falcao disse...

Mutilam um povo e depois querem negociar com os sobreviventes mutilados psicologicamente e sem intermediações. Fala sério.

voz que clama no deserto disse...

Mutilam... Fala sério, mesmo! Observe as notícias em sua totalidade, sem influência midiática; veja quem provoca e quem responde, pense: e se fosse vc? Seu vizinho, como vc responderia?
Outra: se queres a paz, pq não conversamos? Quantas vezes Netanyahu deverá falar: estamos prontos para conversar, sem pré condições!? Quantas?
Mas fácil é construir túneis (para q fins?) e deixar a população na miséria... Agora digo eu: fala sério!!!

Benaiah Cabral Ben Avraham Leiehouah יהוה The Liger disse...

Sem dois estados e sobte soberania israelense. Assim a pretensa paz é possível.

De Sousa disse...

Fala sério... coitadinhos dos " palestinos" pobres sem terra para viver, e os seus irmãos das Nações árabes com tanta fartura de terra !!! O único que vão conseguir é uma senhora guerra chamada ARMAGEDOM.