quarta-feira, abril 13, 2016

SACRIFÍCIO DA PÁSCOA VAI SER REALIZADO PRÓXIMO AO MONTE DO TEMPLO

Na próxima semana vai ser realizado o sacrifício da Páscoa judaica num local próximo ao Monte do Templo, e com a presença de deputados, rabinos, figuras públicas e população em geral.
Nestes últimos anos o interesse pela reposição destas Festas bíblicas tem vindo a crescer entre a população israelita, prevendo-se para este ano um número ainda maior de pessoas oriundas dos quatro cantos de Israel.
O local onde este sacrifício será realizado é Mitzpeh Beit Orot, localizado entre o Monte Scopus e o Monte das Oliveiras, e virado para o lugar mais sagrado para os judeus, o Monte do Templo.
O sacrifício vai ser realizado nesta próxima Segunda-Feira, 4 dias antes da oferta prescrita na Bíblia. Os organizadores do evento revelam querer "oferecer uma provo do gosto de uma experiência judaica empolgante e autêntica, com os seus cheiros, sons e cores que se têm perdido ao longo destes 2.000 anos e desta forma despertando um desejo pela restauração deste ritual do Templo nos dias de hoje."
Entre as figuras públicas, estará presente o rabino-mor de Jerusalém e vários parlamentares israelitas.

O evento irá culminar com uma procissão de cordeiros, simulando a peregrinação da Páscoa para o Monte do Templo, tal como se realizava nos dias do Templo, realizando-se depois uma representação exacta do sacrifício da Páscoa que incluirá a morte de um cordeiro e a oferta ritual do seu sangue e gordura num altar modelo por coatitas vestidos a rigor com os trajes sacerdotais.
Uma banda estará acompanhando a celebração com instrumentos e cânticos do Hallel, incluindo trombetas de prata, tal como nos dias do Templo de Jerusalém.

Shalom, Israel!