quinta-feira, outubro 13, 2016

NUMA ABOMINÁVEL ADULTERAÇÃO DA HISTÓRIA, A UNESCO "DECIDIU" QUE OS JUDEUS NÃO TÊM QUALQUER LIGAÇÃO A JERUSALÉM...!

A mais que desacreditada UNESCO, o órgão da ONU ligado ao património histórico e cultural do mundo, mostrou a sua verdadeira face anti-semita, ao ter cedido às pérfidas chantagens e mentiras dos palestinianos, conseguindo fazer passar e aprovar esta manhã uma resolução proposta pelos palestinianos negando toda e qualquer ligação entre os judeus, Jerusalém e o Monte do Templo (Monte Moriá).
24 países apoiaram a resolução - entre os quais a Argélia, o Bangladesh, o Brasil, o Chade, a China, a república Dominicana, o Egipto, o Irão, o Líbano, a Malásia, a Mauritânia, o México, Marrocos, Moçambique, a Nicarágua, a Nigéria, o Omã, o Paquistão, o Qatar, a Rússia, o Senegal, a África do Sul, o Sudão e o Vietname - enquanto que 26 se abstiveram, e outros 6 votaram contra. De assinalar que nenhuma nação europeia votou a favor da ridícula e ignóbil resolução.
Mesmo assim, a França, a Suécia, a Eslovénia, a Índia, a Argentina e o Togo estavam a preparar-se para votar a favor desta verdadeira estupidificação da História, mas, perto da hora da votação, foram convencidos a se absterem.
Contra a recambolesca resolução favorável à mentira palestiniana votaram os Estados Unidos, a Inglaterra, a Lituânia, a Holanda, a Estónia e a Alemanha. 

ISRAEL PEDE AJUDA À SANTA SÉ
Numa atitude sem precedentes, Israel procurou ajuda na Santa Sé para que esta influenciasse vários países a não votarem a favor desta resolução, alegando que a mesma, ao ser aprovada, iria prejudicar também os cristãos.
O embaixador designado por Israel para a Santa Sé, Oren David, contactou o secretário do Vaticano para as relações com os estados, Antoine Camilleri, solicitando à Santa Sé que ajudasse a convencer os estados membros da UNESCO a não votarem a favor desta resolução.

"NÃO SE PODE MUDAR A HISTÓRIA"
Carmel Shama Hachoen, delegado permanente de Israel na UNESCO, comentou: "Tanto Israel como o povo judeu não solicitam à UNESCO ou a qualquer país a confirmação da ligação especial do povo judeu e do estado de Israel a Jerusalém e aos seus lugares sagrados, como o Muro Ocidental e o Monte do Templo em particular."
E o embaixador prosseguiu: "Não existe nenhuma ligação de nenhum outro povo a nenhum lugar no mundo que se aproxime nem de perto nem de longe à nossa ligação a Jerusalém, numa perspectiva religiosa, histórica e nacional, uma ligação que tem resistido à prova de mais de 2 mil anos."


O presidente de Israel, Reuven Rivlin, afirmou esta manhã: "Não existe nenhum festival tão ligado a Jerusalém como o Sukkot (Tabernáculos). Todos os festivais de Israel destacam o elo inquebrável entre o nosso povo e a nossa terra, e nenhum fórum ou organização política pode aparecer e negar a conexão entre o povo judeu, a Terra de Israel e Jerusalém...podemos entender o criticismo, mas não se pode mudar a História."

O Ministério Israelita para as Relações Exteriores publicou uma brochura demonstrando a conexão histórica judaica a Jerusalém, a qual foi distribuída a todos os 120 delegados permanentes na UNESCO, cujos países mantêm relações com Israel, destacando os seguintes factos:

A Menorá é o Candelabro que se encontrava no antigo Templo judaico em Jerusalém, servindo como emblema do estado de Israel. Na gravura da esquerda, uma gravação em pedra da Menorá do ano 66 d.C. descoberta em Jerusalém, e que foi encontrada nas escavações de um antigo dreno na Cidade de David, em Jerusalém, com pelo menos 2.000 anos.

Esta pedra, descoberta em Tel Dan em 1994, tem registada a vitória do rei Azael de Hirão sobre um rei da "Casa de David." Esta descoberta representa a primeira prova extra-bíblica da existência de um Rei David bíblico e da dinastia davídica. 

Este selo real exibido este ano (2016) pela primeira vez revela uma gravação (carimbo) real do rei bíblico Ezequias, do 8º século a.C. Esta descoberta foi feita nas escavações no parque arqueológico "Ophel", adjacente ao Monte do Templo, em Jerusalém.

Estas gravações - selos reais - pertencem a oficiais reais do rei Zedequias, o último rei de Judá - 6º século a.C.
As descobertas foram feitas em 2007 e 2008 na Cidade de David, Jerusalém, e identificam "Jucal, filho de Shelemias", e "Gedalias, filho de Passur", como aqueles que tentaram matar o profeta Jeremias, tal como relatado na Bíblia (Jeremias 38:1).
O local desta descoberta está associado por muitos arqueólogos como sendo o do governo real central da dinastia davídica.

O Arco de Tito, em Roma, perto do Coliseu, foi construído no 1º século d.C. - 82 d.C. - pelo imperador romano Domiciano pouco depois da morte do seu irmão mais velho Tito para comemorar as suas vitórias, sendo a mais notável o cerco a Jerusalém no ano 70 d.C.
Nas gravuras gravadas no Arco notam-se perfeitamente os tesouros do Templo de Jerusalém, incluindo entre outros a Menorá, sendo transportados triunfalmente para a cidade de Roma. 

Enfurecidos por esta ignóbil resolução da UNESCO, vários líderes israelitas têm comparado a mesma à ridícula negação do islamismo a Meca ou dos egípcios às pirâmides...

Já com pouca credibilidade, a UNESCO caiu completamente na consideração que ainda restasse alguém minimamente culto e informado. Lamentável é ver como a mentira consegue induzir tantos países à vergonhosa postura face à realidade dos factos históricos até há pouco inquestionáveis pelos próprios árabes...

Shalom, Israel!











37 comentários:

Sarah D. A. Lynch disse...

O mundo está para descobrir o verdadeiro significado de NUNCA MAIS! O Kotel é nosso, Jerusalém é nossa, e não há poder no mundo que possa negar isto, sob pena de demonstrar completa ignorância da História do Oriente Médio. Parabéns pelo texto. Compartilhando.

LUIZ SERGIO LIMA disse...

A Globalista ONU, antisemita e anticristã mais uma vez mostra sua face

Israel rodrigues disse...

Realmente nos dias de hoje está notícia é realmente muito desconfortável e revoltante, é bem provável que a guerra do vale de Josafá esteja tão perto diante de nossos olhos! Jerusalém será um cálice de tontear para todas as nações que tentarem dividi-la, entretanto há uma boa notícia que o bem triunfará sobre o mal, Yeshua salvará o seu povo das mãos de seus inimigos e reinará em Jerusalém com vara de ferro trazendo paz e prosperidade para a humanidade, a humanidade será como nos dias do Éden. Nos dias de hoje temos mesmo angustiados devemos encarar a realidade como bons soldados. O Eterno está no controle de tudo.

olga disse...

Isto é tão imoral que nos dá um termômetro do como está o nível moral de líderes e nações... Se a nação de Israel existe é porque entre outras coisas seu povo, mesmo espalhado por todas as regiões da terra, conservaram sua raiz e, uma das frases mais pronunciadas, até mesmo em tempo de holocausto era: No ano que vem em Jerusalém!
É uma vergonha para a ONU, para todas as nações que votaram a favor de tal resolução e, os que ficaram em cima do muro também! Como podemos respeitar tal organização? o que eles querem é violentar a história para justificar o antissemitismo que está voltando novamente a assombrar o mundo! Quando nações apoiam armas nucleares para o Irá é uma peça neste quebra-cabeça! Israel não precisa mesmo do reconhecimento de nenhuma nação ou organização para saber quem é! Até árabes, persas, muçulmanos deveriam ficar constrangidos diante de tal absurdo!
E, o Brasil, hein? Será que ainda ficou um restinho de "anões diplomáticos" nos porões da Onu? Em breve o Guarda de Israel tratará com todos! Eu creio! Amém!
Então falou Isaque a Abraão seu pai, e disse: Meu pai! E ele disse: Eis-me aqui, meu filho! E ele disse: Eis aqui o fogo e a lenha, mas onde está o cordeiro para o holocausto?
E disse Abraão: Deus proverá para si o cordeiro para o holocausto, meu filho.
Gênesis 22:7,8
Jeová Jired também é Jeová Tsidkenu!
Shalom Israel!
Olga

Mauricio disse...

Quem terá proposto isso? Algum membro do Hamas? E com que objetivo? E o Brasil, q não é mais bolivariano? Algum petista passou a perna no Ministro Serra?

Ruben MANUEL PEREIRA Fontoura e Celeste Maria Morais Gonçalves Fontoura. disse...

Eu só posso entender esta decisão, como perfeitamente enquadrada no campo da profecia, que diz: "Porei Jerusalém como um Copo de Tremor para todos os povos". Zacarias, 12: 2. Então aqui temos o fiel alinhamento dos filhos das trevas contra tudo o que se chama "Deus" e que nos aponta, com cada vez mais evidência, para os últimos dias em que acredito já nos encontramos. O espírito do Anti Cristo já abunda e só falta apenas "qualquer coisa" para que ele se manifeste. Esta escumalha está sob a maldição de Deus e não nos vamos surpreender com o que lhes vier a acontecer. Eles vão sentar-se do lado esquerdo para lhes ser administrada a Divina punição.

sara disse...

É uma vergonha pra mim como brasileira saber que o Brasil votou a favor de uma coisa tão estúpida como esta.
Está escrito abençoarei os que te abencoare e amaldiçoarei os que te amaldiçoarem.
Aí depois você me diz, Deus não gosta do Brasil! Será? Ou somos nós que buscamos maldição pra cima de nós por falta de conhecimento bíblico, É só olhar pra quem votou a favor e ver essas nações estão sempre defendendo Israel será que é por que eles gostam dos judeus? Eu creio que eles descobriram esse princípio bíblico e já viram que dar resultados e seguem a riscam, o Brasil é um país milionário de un povo de cabeça paupérrima. Triste muito triste, poderíamos ser a maior nação do mundo no entanto?????

Susy Guedes disse...

Amém e Amém!!! Nosso Eterno Messias, o Amado Yeshua, é Soberano!!! Jerusalém é o lugar de Seu Trono e Seu Povo reinará com ELE!!!

ivonete maria diegues disse...

SHALOM,ISRAEL !

Paulo Roberto Menezes Blanc disse...

Me desculpe, mas não acredito nesta notícia. É tão maluca a ideia de tirar Jerusalem do povo judeu, que não posso acreditar que isto tenha acontecido na UNESCO.

lourdes locks disse...

QUEM está a favor disso é a favor de guerras e mortes injustas! SERÃO vendedores de armas? pq gostar da confusão!??

Diego Roberto disse...

Meu nome é Diego Roberto,sou Brasileiro e eu não votei e nem votaria a favor da decisão da UNESCO. Indubitavelmente Israel possui uma identidade histórica com Jerusalém.

Edna Ferreira disse...

Amén. .....O Eterno reinará para sempre....Shalom Israel

Edna Ferreira disse...

Amén. ..o Eterno reinará para sempre. Shalom Israel.

Edna Ferreira disse...

Amén. ....O Eterno reinará para sempre. Shalom Israel

Hernani Da Luz Hernani disse...

Hernani da Luz
É o tempo está se cumprindo, tempo de negação, de corrupção, de traição, de profanação, de perseguição. Acalmai vossos corações, yeshua vai instalar seu reino em Jerusalém mas até lá muito ainda vai acontecer.
Shalom Israel.

Garfield disse...

Como judeu brasileiro, fico muito envergonhado com as atitudes de nossos políticos responsáveis pela política internacional, 99% das manifestações é vergonhosa Shalom b'erokot aleichem Israel

Fabiola Filizzola disse...

Um Verdadeiro Absurdo, Querer Negar A Identidade Entre Israel E Jerusalém. Uma Não Existe Sem a Outra.... Uma Faz Parte Da Outra!!!! É Ignorância Total, Falta De Cultura, Conhecimento, Uma Afirmacao Desta. Muito Me Admiro O Brasil Votar Nesta Aberração. Gostaria Muito De Saber Quem Foi o Ignorante Que Votou Em Nome Do Brasil.... Não Nos Representa, E Nos Causa Vergonha!!!

Fabiola Filizzola disse...

Um Verdadeiro Absurdo, Querer Negar A Identidade Entre Israel E Jerusalém. Uma Não Existe Sem a Outra.... Uma Faz Parte Da Outra!!!! É Ignorância Total, Falta De Cultura, Conhecimento, Uma Afirmacao Desta. Muito Me Admiro O Brasil Votar Nesta Aberração. Gostaria Muito De Saber Quem Foi o Ignorante Que Votou Em Nome Do Brasil.... Não Nos Representa, E Nos Causa Vergonha!!!

Maria Fernanda Carvalho disse...

Isto deve ser para chocar o ser humano, é negar o verdadeiro.

Maria Fernanda Carvalho disse...

Isto deve ser para chocar o ser humano, é negar o verdadeiro.

Tania Madeira da Silva disse...

Que se levantem brasileiros e brasileiras, abençoando a nação de Israel e profetizando "paz para Jerusalém "!
Paz sobre Jerusalém!
Que o Senhor cumpra os seus planos.

Paolo Hemmerich disse...

Decisão que beira à estupidez, principalmente partindo de cristãos, que adotam livros judaicos do Antigo Testamento, sem falar no Novo Testamento, que traz a narrativa das atividades do Mestre sobre a Terra!! Ali está mais do que clara a ligação intrínseca de judeus com Jerusalém!!! Querem negar o óbvio e reescrever criminosamente a História!!!

Suzana Rodrigues disse...

Triste...muita ignorancia deste pessoal que votaram.

Suzana Rodrigues disse...

Triste...quanta ignorância deste pessoal que votaram..

Marion Vaz Brazil disse...

Respondendo a tal afronta contra o povo judaico só nos resta condenar a decisão da ONU e seus aliados e dizer exatamente o que Neemias falou para Sambalate e Tobias: "O Deus dos céus é o que nos fará prosperar: e nós, seus servos, nos levantaremos e edificaremos; mas vós não tendes parte, nem justiça, nem memória em Jerusalém." Neemias 2:20 Porque o querem é perturbar a paz, já tão fragilizada, no território israelense.

Riviane Eler disse...

É uma vergonha saber que o Brasil votou a favor deste absurdo! não precisa ser cristão pra saber que Jerusalém pertence a Israel , basta se informar sobre a história deste povo e todos os achados arqueológicos até hoje . Mais também não precisa ser profeta para saber que vão vir consequências ruins para quem votou favor deste disparate e vão receber o favor de Deus para quem votou contra , sabemos que Deus está no controle, e definitivamente Jesus está às portas ! Isto é só o começo para o que está por vir !!!

sueli celia da Silva disse...

Não se pode ser tolo o bastante para confiar em um mau carater como o ministro oportunista Serra!

sueli celia da Silva disse...

Sensura.....

Geovani Santos disse...

Israel existe porque o Senhor vive e não importa o que aconteça ou divirjam os homens sobre isso, o que prevalecerá sempre será a vontade do Altíssimo. A UNESCO está batendo de frente com o Deus de Israel e ai dela. Jerusalém é a eterna capital do povo judeu. Aleluia!

JAIRO PRADO disse...

Não importa o que o mundo ou a UNESCO tente afirmar ou querer mudar de verdadeiro para falso na história da humanidade ou até mesmo da nação de Israel, pois o Senhor, aquele mesmo que os judeus transpassaram na cruz, voltará e chegara a Jerusalem, só que desta vez não mais montado em um jumentinho, humilde, aceitando por nossa causa a humilhação imposta pelos judeus e romanos, mas voltará desta maneira: "E VI O CÉU ABERTO, E EIS UM CAVA BRANCO, E O QUE ESTAVA ASSENTADO SOBRE ELE CHAMA-SE FIEL E VERDADEIRO; E JULGA E PELEJA COM JUSTIÇA. OS SEUS OLHOS ERAM COMO CHAMA DE FOGO; E SOBRE A SUA CABEÇA HAVIA MUITOS DIADEMAS; E TINHA UM NOME ESCRITO, QUE NINGUÉM SABIA SENÃO ELE MESMO. E SETAVA VESTIDO DE UMA VESTE SALPICADA DE SANGUE; E O NOME PELO QUAL SE CHAMA É A PALAVRA DE DEUS. E SEGUIAM-NO OS EXÉRCITOS DO CÉU EM CAVALOS BRANCOS, E VESTIDOS DE LINHO FINO, BRANCO E PURO. E DA SUA BOCA SAIA UMA AGUDA ESPADA, PARA FERIR COM ELA AS NAÇÕES; E ELE AS REGERÁ COM VARA DE FERRO; E ELE MESMO É O QUE PISA O LAGAR DO VINHO DO FUROR E DA IRA DO DEUS TODO PODEROSO. E NO SEU VESTIDO E NA SUA COXA TEM ESCRITO ESTE NOME: REI DOS reis E SENHOR DOS senhores. DEUS, O FIEL, O TODO TODEROSO, ESTA PARA VOLTAR E SOLUCIONAR TODOS OS PROBLEMAS DO SEU POVO ISRAEL. MARANATA. (Vem Senhor Jesus).

Fjsacps Cps disse...

Quem foi o anta brasileiro que teve coragem de nos envergonhar e votar a favor de tamanho absurdo? Não tem nem adjetivos para qualificar. Sem noção!

Fjsacps Cps disse...

É uma vergonha, quem foi o brasileiro sem noção que teve a capacidade de votar a favor de tamanha insensatez? Israel que me perdoe, mas tal cidadão não nos representa! Sem adjetivos para isso. Que vergonha.

miqueiasgoias@ disse...

ISRAEL E POVO DE DEUS NAO TOQUE

Benaiah Cabral Ben Avraham Leiehouah יהוה The Liger disse...

Realmente decisões absurdas da ONU principalmente quanto à Israel já são esperadas. Porém alguém do atual governo brasileiro apoiar essa aberração contra Israel é o cúmulo.

Julio Cesar Ribeiro De Andrade disse...

Eis que é chegada a hora da redenção para os justos entre as nações,nada é por acaso esse período é profético a revelação do mashiac ben david pelo Sagrado e Santo Bendito Seja Ele está muito próximo e eminente tendo em vista o período atual o ano atual de 5777 fim do jubileu,e de um periodo muito importante já profetizado em Daniel.Eis que é chegado a hora"gogue e magogue" as nações do mundo se enfurecem contra eretz Israel porém o Eterno é o guarda de Israel.
Shir LaMa'aloth
Essá Eynai el-HeHarim
MeAyin YaVô Ezr'i
Ezr'i Me'im HaShem
Ossê Shamayim Va'Aretz
Al-Yithen LaMot Raglekla
Al-YaNum ShomreKha
Hinê Lo-YaNum VeLo
Yishan Shomer Yisrael
HaShem ShomreKha
HaShem Tzil'Kha
Al-Yad YemineKha
Yoman HaShemesh Lo-YakeKha
VeYareach BaLaylah
HaShem YiShmorKha Mi-Kol Rá
YiShmor eth-NafsheKha
HaShem YiShmor TzethKha UVoeKha
MeAtah VeAd-Olahm.

Am Israel Chai

Julio Cesar Ribeiro De Andrade disse...

Eis que é chegada a hora da redenção para os justos entre as nações,nada é por acaso esse período é profético a revelação do mashiac ben david pelo Sagrado e Santo Bendito Seja Ele está muito próximo e eminente tendo em vista o período atual o ano atual de 5777 fim do jubileu,e de um periodo muito importante já profetizado em Daniel.Eis que é chegado a hora"gogue e magogue" as nações do mundo se enfurecem contra eretz Israel porém o Eterno é o guarda de Israel.
Shir LaMa'aloth
Essá Eynai el-HeHarim
MeAyin YaVô Ezr'i
Ezr'i Me'im HaShem
Ossê Shamayim Va'Aretz
Al-Yithen LaMot Raglekla
Al-YaNum ShomreKha
Hinê Lo-YaNum VeLo
Yishan Shomer Yisrael
HaShem ShomreKha
HaShem Tzil'Kha
Al-Yad YemineKha
Yoman HaShemesh Lo-YakeKha
VeYareach BaLaylah
HaShem YiShmorKha Mi-Kol Rá
YiShmor eth-NafsheKha
HaShem YiShmor TzethKha UVoeKha
MeAtah VeAd-Olahm.

Am Israel Chai