sexta-feira, julho 31, 2020

BANDEIRA DE ISRAEL NO MONTE DO TEMPLO PELA PRIMEIRA VEZ DESDE 1967!

No dia do lamento judaico por causa da destruição dos Templos de Jerusalém, a alma dos judeus foi "consolada" pelo içar de uma bandeira com a estrela de David no Monte do Templo, pela primeira vez desde que este espaço foi conquistado pelos israelitas durante a Guerra dos Seis Dias, em Junho de 1967.
Apesar das restrições causadas pelo confinamento do coronavírus - ainda com alta incidência no país - e das ameaças da violência por parte dos muçulmanos, cerca de 1.000 judeus ascenderam ontem ao Monte do Templo, o lugar mais sagrado do judaísmo.
Apesar das restrições impostas à entrada e que impedem a introdução de objectos com simbolismo religioso ou nacionalista, Chaim Brosh, líder da organização "Estudantes pelo Monte do Templo", conseguiu introduzir uma bandeira de Israel, ludibriando os guardas, içando-a à vista de todos, tendo sido pouco depois obrigado por um polícia a retirá-la e metê-la no seu bolso.
Foi um momento histórico para Brosh, ainda mais porque a polícia não o deteve, como anteriormente já acontecera.
Quando em 1967 as tropas israelitas conquistaram o Monte do Templo, içaram uma bandeira de Israel sobre o Domo da Rocha, tendo o comandante Moshe Dayan ordenado a sua pronta remoção.
Devido à importância do dia, as forças de segurança israelitas foram reforçadas no recinto.

Shalom, Israel!