quarta-feira, março 09, 2016

HUSSEIN OBAMA QUER DIVIDIR JERUSALÉM

Não satisfeito pelo seu vergonhoso e reconhecido anti-sionismo, o cada vez mais contestado presidente norte-americano parece ansioso por acarretar mais maldição sobre o seu país, atrevendo-se mais uma vez a propor um "plano de paz" para o Médio Oriente que inclua a partilha de Jerusalém, a capital de Israel, entre judeus e árabes...
Segundo o Wall Street Journal, a Casa Branca estará considerando medidas drásticas para relançar o processo de paz israelo-palestiniano. Entre essas medidas está uma resolução do Conselho de Segurança da ONU que estabelece parâmetros para uma solução 2 estados, reconhecendo Jerusalém oriental como capital de um futuro estado palestiniano.
A avançar com esta pérfida medida, a administração de Hussein Obama fá-lo-à certamente antes de Novembro, mês das eleições para um novo presidente nos Estados Unidos.
Como é sabido, o primeiro-ministro de Israel opõe-se firmemente a esta proposta, jamais aceitando que a capital do seu país seja alguma vez dividida!

Shalom, Israel

5 comentários:

Junior Melo disse...

Misericórdia para Israel .È inimigo de todo lado e quando se pensa que o antigo aliado , os EUA ainda apoia o governo judeu, vem apunhaladas pelas costas num tipico presente "cavalo- de -tróia. ".

Paolo Hemmerich disse...

Será que ele pensa que é o Rei Salomão? Na verdade, o nome dele já diz a que veio! Lamentável!

PENHA CATES disse...

Israel numca aceitara isto porque eles sabem de qual lado Deus estar!!!

PENHA CATES disse...

Este anticristo precisa ler a biblia!!!Israel nao dividira ninca Jerusalem e no final eles terao a terra de volta para reeguer o TEMPLO DE SALOMAO!!!

PENHA CATES disse...

Este anticristo precisa ler a biblia!!!Israel nao dividira ninca Jerusalem e no final eles terao a terra de volta para reeguer o TEMPLO DE SALOMAO!!!