sexta-feira, setembro 08, 2017

AVIAÇÃO ISRAELITA DESTRÓI FÁBRICA DE ARMAS QUÍMICAS NA SÍRIA

Terá sido no Domingo passado que a temível aviação israelita destruiu por completo uma fábrica na Síria que se dedicava ao fabrico de armamento químico.
Duas pessoas que se encontravam no local terão morrido como consequência do ataque inesperado.
Como é da "praxe" habitual, Israel não confirmou nem desmentiu oficialmente o ataque.
O local onde se encontrava a fábrica situa-se próximo à cidade síria de Masyaf, a meio caminho da cidade central de Hama e um porto utilizado pela marinha russa, e era alegadamente utilizado por forças militares do Irão - aliado do regime sírio - e pelo grupo terrorista Hezbollah, sediado no vizinho Líbano.
Já por diversas vezes a aviação israelita atacou comboios de transporte de armas que se deslocavam dentro de território sírio.
Segundo informadores norte-americanos, esta planta fabril na Síria dedicava-se à produção do gás "sarin" utilizado num mortífero ataque em Abril passado na cidade síria de Khan Sheikhoun.
O tipo de explosão e de fumo registado nos ataques comprovam a existência de mísseis no local. 

Shalom, Israel!


3 comentários:

Alex Sene disse...

Israel não brinca não, mete bala mesmo... seu General é poderoso!!!

voz que clama no deserto disse...

Me chama atenção q a pouco li uma reportagem q a Rússia havia instalado sei radar aéreo mais poderoso de seu exército e que qualquer movimento da força aérea judaica seria prontamente identificado. Kkkkkkkkkkkkkkkk, gargalho eu! Pois a Palavra é fiel e mesmo que Israel tenha q passar por um sufoco JAMAIS será novamente tirada da terra que o Senhor dos exércitos determinou que seja dela. Maranata, ora bem Senhor Jesus!!!!!!

Victor Nunes disse...

O menor será como Davi diz a profecia