terça-feira, março 06, 2018

ISRAEL EXIBE 3 MIL ANOS DA SUA HISTÓRIA NA ONU

Como parte da sua visita de 5 dias aos Estados Unidos, o primeiro-ministro israelita Benjamin Netanyahu irá na próxima Quinta-Feira fazer uma paragem no edifício das Nações Unidas, em Nova Iorque, afim de visitar a exposição especial que visa providenciar provas arqueológicas da História ininterrupta dos judeus em Jerusalém, a eterna capital de Israel.
Esta exibição - um esforço conjunto entre o Ministério dos Assuntos e Herança de Jerusalém e a Missão Israelita para as Nações Unidas - segue-se a uma série de resoluções passadas pela organização internacional ali presente e que tentam negar a ligação histórica dos judeus a Jerusalém.
Embaixadores, diplomatas e oficiais presentes na ONU foram convidados a ver a exposição, que apresenta achados arqueológicos autênticos escavados em Israel, além de réplicas de outros itens históricos que servem para ilustrar a conexão entre o povo judeu e a sua capital Jerusalém. 
Entre os achados arqueológicos em exibição está um sinete descoberto em Janeiro com 2.700 anos gravado na língua hebraica antiga e com o registo do antigo rei bíblico Ezequias, que reinou em Jerusalém entre 727 e 698 a.C. e que contribuiu para a expansão de Jerusalém como metrópole.
O embaixador de Israel para as Nações Unidas, Danny Danon, afirmou: "A verdade histórica é a melhor resposta para as tentativas de disputar a eterna conexão entre o povo judeu e a sua capital."

Shalom, Israel!

3 comentários:

ASM disse...

" A verdade dura para sempre, as mentiras contra Israel, apenas um momento"

Anónimo disse...

Shalom gostaria de deixar meu zap pros irmãos, gostaria de formar um grupo no zap Shalom Maranhão, pra troca de experienciais e aperfeiçoamento de nossa cultura judaica. 99 981349586 Marcos.

marcos muniz Capixaba disse...

Shalom se possível gostaria de ser incluído nesse grupo de zap 31 999308062