quarta-feira, dezembro 28, 2016

"FICA FIRME, ISRAEL, O 20 DE JANEIRO ESTÁ PRÓXIMO!" - COMUNICOU HOJE TRUMP AOS ISRAELITAS.

O presidente eleito norte-americano Donald Trump condenou veementemente a administração de Hussein Obama pela sua decisão de não vetar a recente resolução do Conselho de Segurança da ONU que condena os colonatos judaicos.
Fazendo uso do seu meio preferido de comunicação - o twitter - Trump afirmou que Washington não pode continuar a tratar Israel "com tanto desdém e desrespeito."
Trump alegou também que sob Obama, os EUA deixaram de ser "um grande amigo" do estado judaico.
"Não podemos continuar a deixar Israel ser tratado com tão grande desdém e desrespeito. Eles costumavam ter nos EUA um grande amigo, mas..." - escreveu Trump, acrescentando: "Isso acabou. O princípio do fim foi o horrível acordo com o Irão, e agora isto (ONU)! Fica firme, Israel, o 20 de Janeiro está às portas!"

NETANYAHU AGRADECE
Poucos minutos depois desta mensagem pelo twitter, o primeiro-ministro Netanyahu agradeceu a Trump a sua "calorosa amizade e claro apoio."

Shalom, Israel!

7 comentários:

voz que clama no deserto disse...

Zc 12:3: "Naquele dia, farei de Jerusalém uma pedra pesada para todos os povos; todos os que a erguerem se ferirão gravemente; e, contra ela, se ajuntarão todas as nações da terra."

Ele disse: todos os povos!
Sendo assim, não nos iludamos! A Palavra é fiel!
Coisas para pensar e argumentar quando se fala sobre essa decisão da ONU:
- o território da Cisjordânia pertencia a quem antes da guerra de 67? A "palestina"?
Não, pertencia a Jordânia. Então pq querem da-la a habbas?
- em volta da mesquita de Al aksa (construída por volta do ano 600/d.C., há uma muralha? De quem é? Qual a origem desta muralha?
Ahhh, foram os judeus q a construíram durante o reino de Davi. Então pq querem colocar Jerusalém oriental (cidade antiga) como capital do " estado palestino "???
- quantas vezes aparece a palavra "Jerusalém" no alcorao? Quantas? Nenhuma, né. E na bíblia, quantas? 772 vezes.
Agora pergunto: isso fará mudar o rumo das coisas??? A Palavra se cumprirá ou não?
Aleluia!!
Maranata

Victor Nunes disse...

Por isso que Trump venceu e amigo de Israel ta explicado abencoarei os que te abencoarem Genesis cap 12

Antonio Aquino disse...

O NOVO PRESIDENTE DOSE EUA SERÁ UM PRESIDENTE AMIGO DA NAÇÃO DE ISRAEL PORQUE ELE CRER NA BÍBLIA ASSIM CREIO EU
GLÓRIA A DEUS!

OLGA disse...

Achei perfeito os argumentos da "voz que clama no deserto"... É bom a gente ler vários pontos de vista, entender a história... mesmo porque se um território é adquirido em conflitos como guerras é de quem os conquistou... Israel apenas os RECONQUISTOU porque sempre foram dele...
Israel sempre foi roubado e perseguido por seus inimigos... A questão dos palestinos é mais problema dos árabes do que de Israel uma vez que muitos povos usam os palestinos para atingir Israel! Eu também gostaria que todos vivessem em paz... Que o povo Palestino fique do lado daqueles que querem viver e, não daqueles que adoram a morte!
Shalom Israel!
Olga

Ruben MANUEL PEREIRA Fontoura e Celeste Maria Morais Gonçalves Fontoura. disse...

Em apoio ao comentário anterior, está mais que visto que se o território da "Cisjordânia" ainda estivesse sob o domínio da Jordânia, ninguém se preocuparia com a "solução dois estados". Estariam ocupados, isso sim, em varrer Israel do mapa, como acontecia nas vésperas da guerra dos 6 dias.

Este defundo presidente Barack Hussein Obama e a sua equipa, a nível externo, foi uma tragédia para os EUA. Não deixa saudades a ninguém de bom senso e muito menos aos amigos de Israel. A verdadeira face dele tem-se visto neste ano, uma vez que, graças a Deus, já não vai a votos. Ele faz parte dos que se têm levantado contra tudo o que se chama Deus (II Tessalonicenses, 2: 4a), numa clara manifestação do espírito do antiCristo. Como não tem nada a perder, também quer levantar a pedra Jerusalém. Vai-lhe sair cara esta afronta a Deus e ao povo eleito. Veremos como, afinal, ele teve tudo a perder.

Benjamim Netanyhau terá de ter mais 23 dias de paciência, o que para nós é demasiado tempo, mas essa hora vai se aproximando...
Então esperemos que os Estados Unidos retomem, como nunca, uma proximidade inequívoca com Israel. Para desespero de muitos e de Barack Hussein Obama. Mas para bênção dos EUA, do seu Presidente e de Israel.

Deus abençoe Donald Trump e o seu Governo.
Deus abençoe Benjamim Netanyhau e o seu Governo.
Paz para Jerusalém.
Shalom Israel.

Anónimo disse...

deus protegerá Israel conta todas naçoes corruptas e que agem com inquiedade e não andam conforme os desígnios do senhor...

Sidnei.Andrades@ htmail.com disse...

deus protegerá Israel conta todas naçoes corruptas e que agem com inquiedade e não andam conforme os desígnios do senhor...