quinta-feira, dezembro 29, 2016

"PEGUE NA SUA BÍBLIA E LEIA" - RESPOSTA DE MINISTRO ISRAELITA AO PÉRFIDO DISCURSO DE JOHN KERRY

Naftali Bennet, ministro da Educação em Israel, respondeu ao discurso de ontem do secretário de estado norte-americano John Kerry, ao serviço do anti-semita Hussein Obama, em que este insistiu constantemente na viabilidade de uma "solução 2 estados."
Na sua resposta, Bennet afirmou: "No seu discurso, Kerry mencionou-me de forma anónima por três vezes, querendo demonstrar que nos opomos a um estado palestiniano."
"Assim, vou ser claro" - prosseguiu Bennet. 
"Sim, se depender de mim, não iremos estabelecer nenhum estado terrorista no coração do nosso país. À custa da utópica ideia de um estado palestiniano, os cidadãos de Israel já pagaram com milhares de vítimas, dezenas de milhares de rockets, e inúmeras condenações. Chegou a altura de uma nova política, e por aí que nós iremos avançar."
Antes desta resposta de Bennet ao demagógico discurso de Kerry, já Bennet lhe tinha enviado um forte recado: "Há poucos dias atrás, o Conselho de Segurança da ONU votou a favor de uma vergonhosa resolução que menciona que Jerusalém é território ocupado."

"Jerusalém é a capital judaica há 3.000 anos. Isso está na Bíblia. Abra-a, e leia. Nós, os judeus, temos andado a acender o menorá (candelabro) há 2.170 anos, em Jerusalém. Em cada Páscoa, nós dizemos: 'No próximo ano, em Jerusalém'. Há 1.000 anos que acendemos o menorá na Rússia e em Marrocos, e dissemos: 'No próximo ano, em Jerusalém'. Há 72 anos atrás, acendemos o menorá junto ao crematório de Auschwitz e dissemos: 'No próximo ano, em Jerusalém.'
"Sr. secretário: Nenhuma decisão da ONU nem nenhum discurso mudará o facto de que Jerusalém foi e sempre será a capital israelita."

Shalom, Israel!


14 comentários:

OLGA disse...

Lindo! Parabéns! Esta verdade vale uma guerra! Se o presidente dos Estados Unidos de hoje tem dificuldades de classificar de terrorismo atos que ocorrem dentro do seu próprio país imagine em países estrangeiros... Ele é uma farsa, assim como seus secretários e todos que o cercam! Israel tem que se firmar naquilo que é Nação independente, Livre! Nenhum governo do mundo pode dar ou tirar qualquer coisa de Israel sem consequências... Por isso vale a pena viver ou morrer... É estranho que o "último" ato de um governo fabricado como o de Obama seja se voltar contra Israel... Só não vê quem não quer! Se ele fosse quem diz que é deixaria que o seu sucessor decidisse as mediadas que valerão para os próximos anos... Mas, talvez, ele não esteja contando ou respeitando o processo democrático que ocorreu no seu próprio país! Falar que Putin é culpado pela eleição de Trump é fácil, difícil é explicar sua origem e países terroristas que o financiaram e financiam...
Shalom Israel!
Olga

francis schindler disse...

Cumprindo as profecias de Daniel 11-32,"Aos violadores dá aliança,ele,com lisonjas perverterá,mas o que conhece ao seu Deus se tornará forte e ativo."
Obama cumpriu o papel profético no final do seu mandato.
Sê forte Israel.

francis schindler disse...

Em Daniel 11-32 está escrito:
"Aos violadores da aliança, ele, com lisonjas perverterá,mas o povo que conhece ao seu Deus se tornará ativo e forte
Força Israel, Deus é contigo no que lhe foi prometido.

Victor Nunes disse...

Trump neles

Luciano de Paula Lourenço disse...

Falo como cearense, no Brasil: Cabra macho! Cabra Bom! Cabra peitudo!
Indubitavelmente, Bennet deve substituir Benjamim Netanyahu.
Shalom, Israel!

De Sousa disse...

" Olhai para a Figueira "
...Folhas e ramos, o Verão está próximo. Yahushuah disse que não passaria esta geração. [70 anos Maio de 2018]

OLGA disse...

É interessante este governo Obama... Tão empenhado em forçar uma paz entre palestinos e israelenses, mas nem um pouco preocupado em ressuscitar a guerra fria e, sabe por quê? Porque para estes lideres da esquerda a verdade só está com eles... Eles não respeitam acordos, alianças, tradição, memória, palavra de honra, passado, história... Recentemente Obama quase pediu perdão a Cuba pelos embargos, etc. Mas, que mudanças significativas ocorreram ao longo do tempo naquela ilha? Se as mudanças estavam esperando as bençãos de Obama é porque os "capitalistas" sempre estavam certos... Estes anos de terror impostos a população foi coisa de tirania mesmo e não revolução! Com relação ao Irã não há o que falar... É a humanidade que corre risco! Mas, a verdade de uma mente como a do senhor Obama foi formada em centros universitários infectados com ideias antissemitas e "revolucionárias"... Só espero que a humanidade tenha tempo para se lamentar e se arrepender,afinal, é fácil alegar mais tarde não saber de nada!
Shalom Israel!
Olga

De Sousa disse...

[...] Nenhuma decisão da ONU [besta] mudará o facto que Jerusalém é a capital eterna e indivisível de Israel :
É exactamente isso mesmo que os dois profetas do Apocalipse vão testemunhar, e acrescentando que quem o diz por determinação eterna é o Rei do Universo, que á dois mil anos atrás foi aí em Jerusalém crucificado tendo ressuscitado ao terceiro dia.
O REI DOS YAHUDIN'S QUE TEM POR NOME "YAHUSHUAH" ESTÁ VOLTANDO, QUEM TEM OUVIDOS OUÇA !!!

Edna Paula disse...

Gostei dessa parte que ele fala:"o ano que vem em Jerusalém"
Deus mesmo peleja por Israel. Nunca gostei desse Obama, sempre o achei maquiavélico, cara de bonzinho mas esconde a maldade no coração. Shalom Israel.

Edna Paula disse...

Gostei da frase profética que os judeus dizem ao acender a menora em qualquer parte do mundo:"O ano que vem em Jerusalém." Shalom Israel.

Edna Paula disse...

Gostei dessa parte que ele fala:"o ano que vem em Jerusalém"
Deus mesmo peleja por Israel. Nunca gostei desse Obama, sempre o achei maquiavélico, cara de bonzinho mas esconde a maldade no coração. Shalom Israel.

Edna Paula disse...

Gostei dessa parte que ele fala:"o ano que vem em Jerusalém"
Deus mesmo peleja por Israel. Nunca gostei desse Obama, sempre o achei maquiavélico, cara de bonzinho mas esconde a maldade no coração. Shalom Israel.

Kaona disse...

Que o Nosso Senhor Deus abençoe, de Muita força e sabedoria a Naftali Bennet e Benjamim Netanyahu.

Berto Bosco Junior disse...

Israel só será levada a sério na volta de nosso Senhor, ai o munfo verae que nem uma letra da bíblia é invenção humana. O mundo ainda não cre no nosso Deus verdadeiro, para eles deus é aquilo que eles penduram na parede, ou no caso dos extremistas que lhes promete gozo carnal com 70 mulheres. Vem Senhor Jesus vem....