sábado, julho 14, 2018

PALESTINIANOS DISPARAM 31 ROCKETS E TIROS DE MORTEIRO DESDE GAZA. ISRAEL RETALIA

As tensões provocadas pelos terroristas da Faixa de Gaza têm sido constantes nestas últimas semanas. Para além dos papagaios e balões incendiários que têm provocados incalculáveis estragos nos terrenos israelitas adjacentes à fronteira, levando a que Israel fechasse a passagem fronteiriça de Kerem Shalom, esta madrugada as populações israelitas viram-se obrigadas a mais uma vez se refugiarem nos seus abrigos anti-bomba por causa das dezenas de rockets disparados a partir de Gaza.
Pelo menos 31 rockets e tiros de morteiro foram disparados contra o sul de Israel, tendo 6 dos foguetes sido interceptados pelo sistema de defesa "Cúpula de Ferro."

RETALIAÇÃO ISRAELITA
A aviação israelita realizou entretanto uma série de ataques a alvos na Faixa de Gaza, incluindo um túnel no Norte do enclave. Horas antes já tinha sido bombardeado um outro túnel na parte Sul.
A aviação israelita tinha já anteriormente bombardeado vários pontos na Faixa de Gaza, incluindo várias bases do Hamas. Os ataques palestinianos terão sido a reacção a estes bombardeamentos aéreos israelitas. Um dos rockets caiu dentro de um kibbutz.
Israel responsabiliza o grupo terrorista Hamas por toda a escalada de violência.
Ontem à tarde um oficial israelita sofreu ferimentos leves quando uma granada foi atirada contra ele durante confrontos junto à vedação fronteiriça. Os soldados israelitas reagiram de imediato, disparando contra os autores do ataque.

ATAQUES SEMANAIS
Desde há alguns meses que o Hamas incita a violência semanal junto à vedação que separa o território de Gaza de Israel. Todas as Sextas-Feiras concentram-se milhares de provocadores, usando todo o tipo de formas para atacar as forças de defesa israelita, desde o lançamento de explosivos, granadas, cocktails Molotov, e pedras. Ontem deram-se mais alguns incidentes destes, levando os soldados israelitas a retaliar, mas com alguma moderação. Segundo os responsáveis palestinianos de Gaza, teriam ficado feridos 220 elementos dentre os vários milhares de provocadores que ali se concentraram mais uma vez. 
O grande objectivo destes terroristas palestinianos é de romper a vedação e entrar em Israel para cometer actos bárbaros contra as populações civis israelitas. 
Apesar das habituais e hipócritas condenações internacionais, Israel tem todo o direito e o dever de proteger as suas populações, usando da força que julgar necessária para concretizar esse objectivo.

Shalom, Israel!


3 comentários:

Olga disse...

Deveria existir uma maneira de chamar o homem a razão... Israel deve investir no sonho, na intercessão, na vida! O inferno não foi feito para o homem! Uma vida vale mais que o mundo todo! Percebemos isto no caso dos meninos da Tailândia quando o mundo todo se mobilizou; orou; rezou... ainda temos uma esperança!
Penso agora no Último Discurso do Grande Ditador de Charles Chaplin... fez parte da minha adolescência... é poético... precisamos de sonhos, poesia... este mundo de coisas descartáveis não pode nos roubar o direito de sonhar!
Que os aviões de Israel despejem poesia sobre a cabeça dos palestinos:
"Vamos entrando num mundo novo - um mundo melhor, em que os homens estarão acima da cobiça, do ódio e da brutalidade.
Ergue os olhos, Hannah! A alma do homem ganhou asas e, afinal, começa a voar. Voa para o arco-íris, para a luz da esperança. Ergue os olhos, Hannah! Ergue os olhos."
SHALOM! SHALOM! SHALOM!
Olga

Olga disse...

Ontem assistindo o capítulo de uma novela que está passando na tv brasileira,
"Os Dez Mandamentos", fiquei muito impactada com as consequências da rebelião de Corá, Datã e Abirão contra a autoridade de Moisés e Arão... então fiquei pensando... como podemos nos defender da justiça de Deus? Para onde correr? Precisamos pensar muito sobre nossas atitudes!
Que Israel faça como Moisés! Sempre coloque Deus como juiz, pois só Ele é Justo e Perfeito! Infelizmente, somente o abismo aguarda o homem tolo e perverso!
Shalom Israel!
Olga

Clicpapelaria Clicpapelaria disse...

Quem é Olga disse...