sexta-feira, novembro 27, 2015

RELAÇÕES ENTRE ISRAEL E RÚSSIA "ESTÃO AO MAIS ALTO NÍVEL"

Graças ao apoio dos serviços secretos israelitas, vários ataques terroristas islâmicos foram obstruídos recentemente na Alemanha, durante uma partida amigável de futebol entre a França e a Alemanha, na fatídica noite de 13 de Novembro.
Por outro lado, Israel está também fornecendo à Rússia informações que têm ajudado esse país a combater as forças rebeldes em acção na Síria.
A guerra contra o terrorismo islâmico travada pelo Ocidente tem ao mesmo tempo levado Israel a ser considerado como um verdadeiro amigo, uma vez que compartilha informações e treinamento vitais para a segurança europeia e até da própria Rússia.
O presidente russo Vladimir Putin admitiu ontem que Israel e Moscovo estão trocando informações secretas, afirmando mesmo que as relações entre ambos os países "estão ao mais alto nível."
E acrescentou: "Iremos continuar a manter contactos com a liderança israelita de forma a estabelecer uma paz justa, compreensiva e duradoira no Médio Oriente, e partilhar informação na senda do anti-terrorismo."
"Em Setembro passado tivemos conversas intensas e muito frutíferas com o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu. Concordámos em aprofundar a nossa cooperação nas áreas da indústria, alta tecnologia e agricultura."
O chefe máximo da segurança israelita visitou Bruxelas esta semana para encontros secretos com representantes máximos da segurança belga.
É sempre assim...na hora em que planeiam boicotar produtos oriundos de Israel, os europeus ficam à mercê da sempre prestimosa e fundamental ajuda israelita para lidar com os seus dilemas...

Shalom, Israel!

3 comentários:

olga disse...

Há algumas imagens que surgem na minha cabeça quando leio esta notícia. Uma delas é a agua e o óleo... Outras têm a ver com ursos e ovelhas,,,
Shalom Israel!
Olga

Luciano de Paula Lourenço disse...

Muito bom! Porém, preocupante! Comparo esta amizade com um gatinho(Putin) e um hamster (Bibi). Em algum momento, o gatinho vai desejar devorar o inocente e incauto roedor. Só basta o Putin exigir as Colinas de Golã, que é o maior desejo de Assad, para que todo este clima de primavera vire um tenebroso verão equatorial.
Espero que esta minha conjectura esteja plenamente errada.
Viva Israel para sempre!

Benaiah Cabral Ben Avraham Leiehouah יהוה The Liger disse...

Os erros de hoje, Israel já cometeu ontem. É uma tradição de mais de três mil anos.