quinta-feira, fevereiro 18, 2010

ANTIGA CONDUTA DE ÁGUA DESCOBERTA EM JERUSALÉM

As presentes escavações na Cidade velha de Jerusalém trouxeram à luz mais uma fascinante descoberta, mesmo junto à porta de Jaffa (Jaffa Gate): um canal de água, com cerca de 40 metros de extensão e uma altura de 1,5 metros.
As escavações estão sendo conduzidas pela Autoridade para as Antiguidades de Israel como parte de uma operação de "salvamento", que é habitual fazer-se em Israel antes de se fazer qualquer obra de construção.
Já na semana passada se havia anunciado a descoberta do pavimento da estrada antiga que ligava as actuais Porta de Jaffa e o Monte Sião, precisamente tal como um antigo e agora famoso mosaico indicava que estaria.
Irá ser agora "trazida à luz" esta nova descoberta deste túnel que deverá ser do 2º ou 3º século d.C.
Esta descoberta aconteceu "casualmente" quando algumas pedras enormes foram removidas pelos arqueólogos, dando origem a que agora se possa ver um dos canais de abastecimento de água da Cidade, podendo-se até caminhar, ainda que curvado, dentro deste túnel de 40 metros. Segundo os peritos, este túnel faz parte de um sistema de água de 13 kms. e que trazia o precioso líquido desde os "tanques de Salomão".
Há 2 mil anos atrás, e devido ao crescimento populacional da Cidade Santa, o rei Herodes idealizou um grande projecto de abastecimento de água à cidade, que iria trazer água desde os Montes Hebron, usando a força da gravidade, até aos "tanques de Salomão", no sul de Jerusalém. A partir dos tanques, foram escavadas 2 condutas que traziam a água à cidade: o canal superior abastecia de água o palácio real, o tanque de Ezequias e outras áreas mais elevadas da cidade. A água trazida pelo canal inferior abastecia o Templo, o monte do Templo e as áreas mais baixas. A parte agora descoberta fazia parte do canal superior.
Shalom, Israel!

1 comentário:

Michelle disse...

São realmente fascinantes as últimas descobertas arqueológicas.Penso que muito em breve veremos desvendado o misterioso "Pergaminho de Cobre" com a sua escrita enigmática revelando as ocultações dos tesouros na antiga cidade de Davi.Dentre os locais citados a rede de canais de águas foram também utilizados como esconderijos.