sábado, março 04, 2017

EUROPA PONDERA CONVERSAÇÕES AO MAIS ALTO NÍVEL COM ISRAEL

Diplomatas da União Europeia afirmaram ontem ter de haver clareza nas questões relacionadas com Israel, tendo em vista especialmente as posições não claras da administração norte-americana sobre o conflito israelo-palestiniano. 
Um dos diplomatas acrescentou que quaisquer conversações oficiais futuras com Israel não podem ser "o negócio do costume." Pelo contrário, "as coisas têm de ser ditas muito claramente aos israelitas."
Os ministros dos Negócios Estrangeiros da Europa dos 27 irão em breve decidir se vão ou não avançar com conversações com o estado de Israel "ao mais alto nível". A razão tem a ver com "preocupações com a questão dos colonatos" e "o compromisso com a solução 2 estados."
Os palestinianos querem toda a Margem Ocidental - entenda-se: Judeia e Samaria - a Faixa de Gaza e Jerusalém Oriental, tudo territórios que Israel recuperou na Guerra dos Seis Dias de 1967 e cujo direito internacional lhe permite anexar como parte do seu território conquistado após uma guerra defensiva contra os árabes.

Para esses inimigos de Israel e para a maioria dos países que se pautam por essa agenda, os assentamentos israelitas são "ilegais" e um "obstáculo para a paz."

Como sempre, a ambiguidade europeia continua a predominar nestas posturas manchadas por uma gritante hipocrisia, que favorece sempre os inimigos de Israel, aqueles outra coisa não almejam senão a pura e simples aniquilação do estado judaico.
E é esta mesma moribunda Europa pejada de sérios problemas com a "inundação" de centenas de milhares de imigrantes árabes e muçulmanos que vem agora se preocupar com a "casa" dos outros, Israel, o único estado democrático em todo o Médio Oriente...entenda-se: TODO o Médio Oriente...!

Quem dera que o presidente norte-americano se defina de uma vez por todas, colocando-se pragmaticamente ao lado de Israel, esquecendo de uma vez por todas a impossível e absurda "solução 2 estados", fechando os olhos às construções que os israelitas vão erigindo na sua Terra, e movendo definitivamente a embaixada do seu país para a capital única, eterna e indivisível de Israel: Jerusalém.
Aí, talvez, sim, a arrogante Europa seja posta no seu devido lugar...

Shalom, Israel!

7 comentários:

voz que clama no deserto disse...

Zac 14:2-4: "Pois eu ajuntarei todas as nações para a peleja contra Jerusalém; e a cidade será tomada, e as casas serão saqueadas, e as mulheres forçadas; e metade da cidade sairá para o cativeiro mas o resto do povo não será exterminado da cidade. Então o Senhor sairá, e pelejará contra estas nações, como quando peleja no dia da batalha. Naquele dia estarão os seus pés sobre o monte das Oliveiras, que está defronte de Jerusalém para o oriente; se o monte das Oliveiras será fendido pelo meio, do oriente para o ocidente e haverá um vale muito grande; e metade do monte se removerá para o norte, e a outra metade dele para o sul."
Não nos iludamos, esse é o caminho! Será cumprido.
Que o Senhor tenha misericórdia de Israel!
Trump, a esta altura já sentiu o peso do "cálice de tontear"!
Maranata!

Victor Nunes disse...

Desta vez o Senhor dos Exércitos vai pelejar por Israel...

olga disse...

Bem eu também creio que nenhum presidente deste mundo pode mudar aquilo que Deus determinou... Muito pelo contrário, as vezes, pensando este presidente que está fazendo algo por si mesmo só está sendo um instrumento de Deus para o bem ou para o mal.... Foi assim no passado quando muitas nações foram usadas para o Senhor tratar com Israel, mas depois aquelas que ultrapassaram a medida tiveram que se ver com Deus... Os Estados Unidos tem um pouco de temor, mas a Europa com toda a sua apostasia já está passando do limite... Ela que se cuide, pois quem alimenta cobra pode ser picado por ela!
Shalom, Israel!
Olga

De Sousa disse...

"Os pés da estátua do rei Nabucodonosor no cumprimento das últimas profecias"
Os Estados Unidos [nação→reino] a nação mais forte das dez [ferro] que compõem os pés [o resto das nações do mundo são barro] da estátua, tornou-se o único grande Imperio mundial. Na década de noventa, os Estados Unidos foram decisivos para a desintegração da União Soviética, do desaparecimento da Alemanha comunista, e o comunismo na China não é de nenhuma importância para o mundo. [estas são as três nações das dez "ferro" que os Estados Unidos fez cair]
Hoje, como ontem, a posição dos EUA nos acontecimentos finais da história da humanidade é extremamente importante. POR FAVOR PRESIDENTE TRUMP, ESTABELEÇA DEFINITIVAMENTE A EMBAIXADA EM JERUSALÉM ... [Os escolhidos estão a orar para que isso aconteça] HALLELUYAH 70 X 7

Victor Nunes disse...

Correção o último império antes da vinda de Cristo é o romano Vaticano igreja católica só Cristo vai vence los

De Sousa disse...

O novo nascimento produz frutos para o Eterno, a vida segundo a carne produz frutos para o mundo ...o que é nascido da carne é morte, o que é nascido do Espírito Divino é vida eterna. [O trono da religião são as "gentes carnais→nações", o trono do Eterno entre os humanos é "o coração dos nascidos de novo"]
Os diferentes impérios desde o Egipto á besta são sete [7] ...as obras antagônicas ao espírito santo provêem das religiões [grande meretriz]
O Rei está voltando quem tem ouvidos ouça ...porque a fé vêm pelo ouvir, e o ouvir pelo ESPÍRITO DE ELOHIM.

Victor Nunes disse...

Daniel disse que o dragão e o último império ele está vivo mas dormindo vira de Roma Vaticano igreja católica romana