sábado, julho 22, 2017

JOVEM PALESTINIANO ASSASSINOU BRUTALMENTE 3 MEMBROS DE UMA FAMÍLIA JUDAICA QUE CELEBRAVA O NASCIMENTO DE UM NOVO MEMBRO NA FAMÍLIA

O ódio palestiniano contra o bem estar do povo judeu não conhece limites. Ontem à noite, pelas 21H30 horas, e alegadamente como retaliação aos confrontos ocorridos à volta da mesquita al-Aqsa, um jovem palestiniano de 19 anos saltou a vedação que isolava um aldeamento judaico na Judeia e, munido de uma faca, entrou dentro de uma casa onde uma pacífica família judaica se sentava para jantar, celebrando o nascimento de mais um membro da família. O terrorista partiu para o ataque, e esfaqueou 4 dos membros da família, deixando 3 mortos e um ferido.
Foram assassinados por este palestiniano o avô da família, um homem ainda com 70 anos, o seu filho de 35 e a sua filha, na casa dos 40.
A avó, uma senhora de 68 anos, foi transportada para um hospital próximo, estando a recuperar dos ferimentos sofridos, e tendo já sido informada do cruel massacre.

SANGUE INOCENTE DAS VÍTIMAS
DO ÓDIO ÁRABE-PALESTINIANO
A esposa do filho assassinado conseguiu escapar, escondendo os seus 5 filhos num quarto da casa e chamando a polícia. Aos seus berros de desespero, vizinhos acorreram imediatamente ao local. Um outro vizinho conseguiu disparar contra o terrorista através de uma janela. O assassino ficou prostrado junto às vítimas, mas tentou atacar os paramédicos que entretanto acorreram ao local, sendo entretanto detido pelas forças de segurança já presentes, e levado ao hospital, onde está a ser tratado de ferimentos leves.

CASA DO TERRORISTA SERÁ IMEDIATAMENTE DEMOLIDA
Tal como a lei israelita determina, a casa do criminoso será imediatamente demolida. O ministro da defesa de Israel Avigdor Lieberman esteve presente no local, esta manhã, e ordenou que a demolição avançasse imediatamente, bem como a dos 3 terroristas palestinianos envolvidos no massacre de 2 polícias druzos na semana passada. 
Lieberman exigiu ainda uma clara condenação ao ataque terrorista por parte do líder palestiniano: "Exigimos que o presidente da Autoridade Palestiniana Abu Mazen emita uma clara e inequívoca condenação ao massacre ocorrido ontem à noite de uma família que não ameaçava ninguém. Um massacre terrível ocorrido durante o jantar de Sábado da família."

"PEGUEM NA VOSSA ARMA E RESISTAM. DECLARAI GUERRA POR ALÁ!"
Pouco antes de partir para o massacre da família que pacificamente se sentava para celebrar a refeição de Sábado, o candidato a mártir escreveu uma última mensagem e desejo na sua página do facebook, expressando a sua convicção de que iria partir para estar "ao lado de Alá." E o assassino fez ainda uma convocação para que, "por amor à al-Aqsa" cada um "pegue na sua arma" e lute como "filho da Palestina e da al-Aqsa", já que "os filhos dos macacos e dos porcos não abrem os portões da al-Aqsa."
O jovem assassino pensou partir para a presença do seu deus, o cruel Alá. Ainda não foi desta. Enquanto tal não acontece, ficará às mãos da justiça dos homens, até que a justiça do verdadeiro Deus seja executada sobre ele...dessa ele não escapará, a menos que se arrependa verdadeiramente dos seus ignóbeis actos.

Shalom, Israel!

5 comentários:

Ruben MANUEL PEREIRA Fontoura e Celeste Maria Morais Gonçalves Fontoura. disse...

O ódio satânico usado de uma forma cruel. Não é fácil ter compaixão por estes monstros diabólicos, mas o poder de Deus não tem limites. É chocante ter de assistir a estes crimes constantemente e não poder terminar com isto de uma vez por todas.

olga disse...

Israel está sempre celebrando a vida, mas, infelizmente, sempre encontra no seu caminho aqueles que cultuam a morte! Assim como muitos povos são preparados para terremotos, desastres naturais, etc., os judeus têm que ser preparados para a defesa, mas também ataque... Infelizmente, é uma questão de sobrevivência! Aliás, até as mulheres precisam está preparadas... Assassinos como este que matou estas pessoas contam com a passividade e tradição de famílias judias que geralmente estão reunidas (como eu disse anteriormente) para celebrar a vida... o Mal não suporta certas cenas... A cena que o alimenta é a que ficou depois de mais um massacre! Morte! Sangue! Barbárie! Desejar isto até para um inimigo e celebrar tal ato indica a diferença que há em certos conflitos e o porquê da humanidade se inclinar, geralmente, para um lado do conflito!
Que o Senhor na sua ira lembre-se da misericórdia!
Que Deus console a família e a nação de Israel por mais este luto!
Shalom Israel!
Olga

olga disse...

Só o Justo Juiz poderá operar justiça na terra!
Estes dias eu estava assistindo um vídeo sobre a Kaaba...É algo bem sobrenatural mesmo! Que multidão! É muito inteligente por parte de seus fundadores reunir tantos num único lugar nesta "obrigação religiosa", nesta peregrinação pelo menos uma vez na vida!
Enquanto isso os judeus são proibidos de orar na sua própria terra!
Esta é a "justiça" dos homens!
E, os mesmos que controlam Meca e Medina e tantos outros lugares do mundo, inclusive, instituições como a ONU, querem transformar Jerusalém na imagem e semelhança do seu deu Alá!

https://www.youtube.com/watch?v=VA0904dwXMM

Pois lhes dirás: Assim diz o Senhor dos Exércitos, o Deus de Israel: Bebei, e embebedai-vos, e vomitai, e caí, e não torneis a levantar-vos, por causa da espada que eu vos enviarei.
E será que, se não quiserem tomar o copo da tua mão para beber, então lhes dirás: Assim diz o Senhor dos Exércitos: Certamente bebereis.
Jeremias 25:27,28

Shalom Israel!
Olga

Handmade Soap disse...

Um ato cruel e louco , Depois eles criticam o Donald Trump daqui por nao aceitar os mulsumanos ,certo ele esta

Victor Nunes disse...

Pena capital para este terrorista...