quinta-feira, dezembro 28, 2017

MILHARES DE JUDEUS JUNTO AO MURO ORANDO A DEUS POR CHUVA

A pedido do ministro para a Agricultura de Israel, milhares de judeus reuniram-se esta tarde junto ao Muro Ocidental - o lugar mais sagrado para os judeus - implorando a Deus que envie chuva à nação de Israel que nesta altura enfrenta uma das maiores secas dos últimos 40 anos.
Desde há cinco anos que a chuva tem vindo a escassear no Inverno de Israel, e este ano a situação agravou-se ainda mais, uma vez que entre Setembro e Novembro chover apenas 45% da quantidade habitual para a época. No mês de Dezembro choveu apenas duas vezes, e a previsão para os próximos dias é de sol, com um pouquinho de chuva no Norte do país.
O ministro para a Agricultura fez um veemente apelo aos israelitas: "Convoco a população a participar neste evento no dia 10 do mês de Tevet" - e, numa afirmação de fé, alertou: "Tragam os guarda-chuvas, porque conjuntamente iremos romper as portas do Céu."
Não faltaram os críticos a este método de dependência da oração para que venha a água ao país, acusando alguns de ser uma prática de vudu, ou condenando as orações promovidas por um estado que se diz laico. No entanto, o ministro, sendo religioso, enfrentou as críticas, alegando que as orações não prejudicam ninguém e podem até ajudar.
O ministro informou ainda que, não obstante esta convocatória para a oração, tem feito esforços para encontrar novos recursos de abastecimento de água para o país. 

MAR DA GALILÉIA NUM MÍNIMO HISTÓRICO
Devido à grande quebra no influxo de água que abastece o lago da Galiléia - apenas 10% do habitual desde o último Inverno - o nível do lago atingiu o seu ponto mais baixo dos últimos 100 anos.

RIO JORDÃO QUASE SECO
A situação piora ainda mais com o Rio Jordão. A corrente de água representa neste momento apenas 25% dos seus níveis históricos.

Apesar de as necessidades de água potável estarem supridas através das 5 plantas de desalinização que Israel tem no Mar Mediterrâneo, esta seca afecta seriamente as regas agrícolas. 
Os metereologistas israelitas avisaram já no início de Dezembro que os próximos meses serão bastante secos.

Resta a oração...

Shalom, Israel!

3 comentários:

Olga disse...

Vamos orar...
Os que são contra oração são os primeiros a realizarem mandingas, trabalhos, oferendas, etc, até para chegar ou manterem-se no poder... dizem que o Estado é laico, mas querem enfiar goela abaixo da população casamento gay, aborto, drogas; etc... apenas esquecem que em qualquer Estado ou voce serve a Deus ou ao diabo...
Que os Elias se levantem para enfrentar as Jezabels da vida... Jezabel alias dominava o rei... infelizmente, a historia vive se repetindo não importa o sistema de governo.
Vão perguntar para estes que vivem dizendo que o Estado é laico se são contra as ditaduras islamicas!

Porquanto ainda que a figueira não floresça, nem haja fruto na vide, o produto da oliveira minta, e os campos não produzam mantimento; as ovelhas da malhada sejam arrebatadas, e nos currais não haja vacas, todavia, eu me alegrarei no Senhor, exultarei no Deus da minha salvação. Habacuque 3:17,18
Shalom Israel!
Olga

acristinags10 disse...

Israel na dependência de Deus.

Victor Nunes disse...

Oração tem poder