segunda-feira, março 29, 2010

CARTAZES APELAM À CONSTRUÇÃO DO TERCEIRO TEMPLO EM JERUSALÉM

Num tempo de grande tensão à volta do Monte do Templo em Jerusalém, com distúrbios e ameaças, surge agora uma nova campanha apelando à construção do Terceiro Templo no topo do monte santo através de cartazes que começaram a circular em 200 autocarros da linha Egged que percorrem toda a cidade de Jerusalém, e em que a única construção que aparece é a do Templo e nada mais.
Os cartazes, contendo a frase: "Que o Bais Hamikdosh seja reconstruído depressa e nos nossos dias", são patrocinados pelo grupo "Nossa terra de Israel", dirigido pelo rabi Shalom Dov Volpo e pelo activista Baruch Marzel, e deixam de fora as estruturas que actualmente estão no monte: a mesquita El Aksa e o Domo da Rocha.
Os organizadores da campanha escolheram afixar os cartazes em autocarros cujas rotas os levam a áreas predominantemente árabes no sector oriental de Jerusalém.
Comentando a campanha, Volpo afirmou que Israel espera ansiosamente pela vinda do Messias e pela reconstrução do Templo.
"Os árabes e o presidente Obama sabem que o Templo será construído no Monte do Templo" - afirmou - "em vez dos edifícios temporários que ali se encontram no momento".
Respondendo ao jornal Jerusalem Post, Merzel disse que terem deixado de fora os santuários islâmicos não foi erro nenhum: "Nós estamos representando a verdade, à frente de todos, e dizendo em voz alta aquilo em que todo o Judeu acredita" - disse Marzel - "Que o Terceiro Templo precisa de ser imediatamente construído no Monte do Templo e que a mesquita não deveria lá estar."
"Quando chegarmos ao fim da refeição da Páscoa - a Pessah Seder - amanhã à noite, nós iremos dizer: "No próximo ano, numa Jerusalém reconstruída". Ora o que é que significa 'reconstruída'? Significa: com o Terceiro Templo intacto".
Marzel desvalorizou as reacções que os cartazes poderão despertar nos muçulmanos da Cidade: "Eles chateiam-se por estarmos vivos e por vivermos aqui. Se este simples acontecimento os pode incomodar, podemos também dizer aquilo em que realmente acreditamos e pelo que oramos três vezes por dia, que é reconstruir o Templo santo no topo do Monte do Templo, e isso amanhã - não é para esperar mais."
Como já tenho referido inúmeras vezes, estamos vivendo dias únicos, e a "coincidência" de sinais geológicos, políticos e religiosos a que temos assistido já em 2010 levam-me a crer que estamos a aproximar-nos rapidamente do clímax da História humana tal como a vemos relatada nas Sagradas Escrituras. Sem dúvida estes sinais antecipam e anunciam a volta do Messias de Israel! Ora vem, Senhor Jesus!
Shalom, Israel!

6 comentários:

Anónimo disse...

"Em 638 d.C., o Califado islâmico alargou a sua soberania para Jerusalém. Neste momento, Jerusalém foi declarada a terceira cidade mais sagrada do Islã após Meca e Medina, e referido como al Bait al-Muquddas. Mais tarde, ele era conhecido como al-Qods al-Sharif.[50] Com a conquista árabe, os judeus foram autorizados a regressar à cidade.[51] O califa Rashidun Omar ibn al-Khattab assinou um tratado com o patriarca cristão monofisista Sofrônio, assegurando-lhe que os lugares sagrados cristãos de Jerusalém e a população cristã seriam protegidos ao abrigo do estado muçulmano.[52] O califa foi conduzido à Pedra Fundamental no Monte do Templo, no qual ele claramente recusou, pois se preparava para construir uma mesquita. De acordo com o bispo gaulês Arculf, que viveu em Jerusalém a partir de 679 a 688, a Mesquita de Omar era uma estrutura retangular de madeira construída sobre ruínas que poderia acomodar 3000 seguidores.[53] O califa Omíada Abd-el-Melek encomendou a construção da Cúpula da Rocha no final século VII.[54] O historiador do século X, El Muqadasi, escreveu que Abd-el-Melek construiu o santuário, a fim de competir na grandeza das monumentais igrejas de Jerusalém.[53] Durante as quatro próximas centenas de anos, a proeminência de Jerusalém foi diminuída pelos poderes árabes na região que brigavam pelo controle da cidade.[55]"

"A Cúpula da Rocha ou Domo da Rocha é um dos nomes atribuídos aos alicerces em que estão apoiadas as fundações localizadas no subsolo da Mesquita de Omar, em Jerusalém, Israel. Segundo as estimativas de historiadores mais minuciosos, sob essas fundações existe uma "rocha sagrada", localizada exatamente sob a cúpula da mesquita de Omar. Ou seja, no cume de um altiplano denominado Monte Moriah existe uma construção que inscreve um altar usado em sacrifícios: o edifício é um santuário que guarnece o altar de sacrifícios usado por Abraão, Jacó e outros profetas que introduziram o holocausto nos rituais judaicos. Davi e Salomão também consideraram o local sagrado.
Mais tarde enquanto altar, a Cúpula da Rocha teria sido o lugar de partida da Al Miraaj (viagem aos céus realizada pelo profeta Maomé?!?!) e permanece hoje como um um templo da fé islâmica. (ou seja, os cornobois muçulmas roubaram aquele lugar e então inventaram o sonho alucinado da subida ao céu do pedófilo carniceiro Maomerdas!!!)
A Cúpula da Rocha recebeu esse outro nome devido à grande rocha circunscrita a ela que foi usada em sacrifícios — atualmente protegida no interior da Mesquita de Omar — e constitui uma das razões pelas quais a cidade de Jerusalém é considerada Cidade Santa por várias religiões.
Segundo a tradição judaica, foi nessa rocha que Abraão preparou o sacrifício do seu filho Isaac a Deus e onde, 1000 anos antes de Cristo, o rei Salomão construiu o primeiro templo."

(E a rocha e o templo de Salomão estão hoje feitos em escombros debaixo da satânica mesquita que está a conspurcar aquele lugar santo dos judeus!!!)

(Compilado da Wikipedia com alguns comentários meus entre parênteses).
Manuel Cunha - Aveiro, Portugal

Adoradora de Cristo disse...

Este blog é muito edificante!

Que YAH te abençoe!

Anónimo disse...

A QUESTÃO DAS CONQUISTAS POLITICA RELIGIOSA É SO UMA QUESTÃO DE ACORDO COM AS DUAS PARTES ENVOLVIDAS NO PROCESSO HUMANO.QUE O DEUS ALLAH TENHA MISERICÓRDIA DOS CRISTÃOS.
HIPINOSE DE TERCEIRO GRAU.

Anónimo disse...

DUVIDO SI O COMENTÁRIO ENTRA NO AR.

Anónimo disse...

Entrou... hahaha!!!

Anónimo disse...

entrou... ahahah!!!!