segunda-feira, setembro 28, 2015

CONFRONTOS VOLTAM AO MONTE DO TEMPLO

Bombas e pedras foram mais uma vez atirados pelos arruaceiros palestinianos contra a polícia israelita, esta manhã, no Monte do Templo.
Os terroristas árabes têm-se refugiado dentro da mesquita al-Aqsa, de onde atiram cocktails "Molotov" contra a polícia de Jerusalém, que entretanto foi obrigada a intervir.
O terrorismo palestiniano não conhece limites nem tem qualquer respeito pelas épocas festivas religiosas em Israel. Os ataques desta manhã já são os segundos desde ontem, exactamente quando os judeus iniciam a celebração da Festa bíblica de Sucote, mais conhecida como "Festa dos Tabernáculos."

Pelas 06H45 desta manhã, e após tentativas de diálogo, a polícia acabou por entrar no recinto. Palestinianos mascarados que tinham andado a atirar garrafas e pedras, fugiram então para dentro da mesquita al-Aqsa, a partir da qual começaram a atirar cocktails "Molotov", foguetes, e garrafas contendo substâncias não identificadas. Passado pouco tempo a área foi reaberta ao público para visitas.
Durante as violentas confrontações, a polícia israelitas usou uma barreira móvel para bloquear as bombas e as pedras. Apesar da continuação do arremesso de pedras pelos terroristas palestinianos, o sistema de protecção móvel provou ser eficaz.
O nível de alerta em Jerusalém é bastante elevado, especialmente na zona à volta do Monte do Templo.

Shalom, Israel!

1 comentário:

Benaiah Cabral Ben Avraham Leiehouah יהוה The Liger disse...

Substituição de Borracha por Chumbo não adianta. Tem que remover todos esses marginais de Israel