segunda-feira, setembro 21, 2015

NETANYAHU E ALTAS PATENTES MILITARES ISRAELITAS EM MOSCOVO

Numa óbvia tentativa para receber o "aval" de Putin para ataques aéreos no sul da Síria de forma a combater o grupo terrorista Hezbollah, o primeiro-ministro israelita Benjamin Netanyahu está hoje em Moscovo, Rússia, desta vez acompanhado por 2 generais do topo das Forças de Defesa de Israel.
Esta medida inédita leva a crer que Netanyahu tentará obter de Putin permissão para atacar o sul da Síria sempre que o entender. A Rússia está a entrar em força na Síria para ajudar o actual presidente Assad no combate às várias facções que lutam contra as forças governamentais, muito em especial o grupo "ISIS."
A presença de 2 generais israelitas na comitiva revela o quão grave e tensa é a situação na fronteira Norte com Israel. A aviação israelita tem a cada passo bombardeado posições do Hezbollah e comboios de camiões transportando armamento. A presença das forças russas na região veio complicar a actuação militar israelita tão necessária para impedir a acção terrorista do Hezbollah contra o Norte de Israel. 
A pergunta é: qual será o preço que Putin exigirá em troca deste acordo?

Shalom, Israel!

4 comentários:

Alex Ferreira Sene disse...

O leão Israel e o urso russo dialogando, vixi isso é complicado, a Rússia é um povo minado(campo minado) mas a diplomacia exige essas conversas... Que o Eterno proteja a Israel.

olga disse...

"E aproximaram-se os dias da morte de Davi; e deu ele ordem a Salomão, seu filho, dizendo:
Eu vou pelo caminho de toda a terra; esforça-te, pois, e sê homem.
E guarda a ordenança do Senhor teu Deus, para andares nos seus caminhos, e para guardares os seus estatutos, e os seus mandamentos, e os seus juízos, e os seus testemunhos, como está escrito na lei de Moisés; para que prosperes em tudo quanto fizeres, e para onde quer que fores." 1 Reis 2:1-3
Eu estava lendo os versículos acima e comecei a pensar no presidente Obama e, em quem ele nomeou para liderar o Exército americano... O ser humano está a pensar que é mais justo e sábio do que Deus... Porque estou falando sobre isto neste espaço? Porque na minha opinião assim como "VINDO A PLENITUDE DOS TEMPOS DEUS ENVIOU SEU FILHO", enfim, na primeira vinda de Cristo vários eventos contribuíram para que fosse naquele momento, da mesma forma vários eventos estão apontando agora para o surgimento do anticristo. O mundo está sendo preparado pra isto!
Deste ser infame está escrito: "E não terá respeito ao Deus de seus pais, nem terá respeito ao amor das mulheres, nem a deus algum, porque sobre tudo se engrandecerá." Daniel 11:37
Aos que temem ao Senhor: Esforça-te, pois, e sê homem...
Shalom Israel!
Olga

Amelia Santos disse...

pedimos ao Senhor o Deus de Abraão,Issac e Jacob,que dê entendimento a Benjamin Netanyahu para não confiar nem em Putim e Obama.....são traiçoeiros

shabat disse...

Na verdade essas investidas da Rússia na Siria irá abrir caminho para uma grande guerra descrita em Ezequiel 38. A Rússia liderará uma coligação com vários Estados islâmicos como Irã, Armênia, Turquia, entre outros que tentará invadir Israel sem sucesso para assombro do mundo pois todas as nações, como foi na guerra da independência em 1948, pensarão que dessa vez Israel será destruído pois estará sozinho na mentalidade dos incrédulos mas mais uma vez, não será, pelo contrário, a grande Rússia tomará uma surra para surpresa de todos, o pequeno Israel vencerá, talvez esteja aí a moral da história pois é o próprio Deus que trará a Rússia contra Israel, logo uma grande nação armada e temida será trazida para perder, a Rússia por ser tão temida e apreciada pelo mundo, justamente por isso, logo contra o pequeno Estado de Israel que é tão desprezado pelos povos, e Deus o fará vencer a uma das nações mais poderosas do planeta que todos duvidam que seria vencida, serão surpreendidos e frustrados, para mostrar que Ele é o Senhor de Israel e dos fracos e oprimidos que nEle creem. Os motivos pelo qual a Rússia será atraída a Israel são político-econômicos, a Rússia atualmente se encontra acuada devido aos embargos europeus, que esses últimos já cogitam importar gás natural israelense que foi descoberto em meados de 2009 assim como campos de petróleo em território israelense de excelente qualidade e a União europeia sempre tentou sair da dependência do gás russo, a Rússia teme isso acontecer pois piorará mais ainda a sua situação econômica devido a depender muito da exportação desse gás, e então decidirá invadir Israel a despeito dos embargos e intromissões americanas no Oriente Médio, Putin tentará dar o troco. E ainda tem a questão das usinas nucleares iranianas que Israel sempre cogitou destruir, se isso acontecer antes será o estopim da guerra pois o Irã tem tratados militares com a Rússia.