segunda-feira, setembro 07, 2015

"HERÓI" PALESTINIANO QUE PROTEGEU 5 JUDEUS EM HEBRON ESTÁ SENDO AMEAÇADO DE MORTE

O "herói de Hebron", o palestiniano Faiz Abu Hamadiah que há dias atrás protegeu em sua casa 5 jovens turistas judeus norte-americanos que, por terem errado o trajecto para a visita à cave de Macpela, em Hebron, foram apedrejados e o carro em que seguiam incendiado, não tem parado de receber ameaças de decapitação e de incêndio da sua própria casa.
As ameaças que este nobre cidadão árabe tem recebido incluem a decapitação e a queima da sua residência, a mesma que salvou de uma provável morte os 5 jovens turistas norte-americanos.
O homem de 51 anos recusa ser tratado como "herói", alegando: "Não sou herói. Isto é o que qualquer pessoa deveria fazer. Fi-lo porque sou um ser humano. De todo o meu coração, sou um homem de paz."
E este grande homem concluiu: "Esta é a minha cosmovisão: Ou és humano, ou não o fazes, e então não és humano."

Shalom!

4 comentários:

José Rodrigues disse...

Não há mãos que façam o bem quando o ódio está acima dos ombros! Lamentável ver pessoas agindo como animais completamente irracionais!

Luciano de Paula Lourenço disse...

Acho que o governo de Israel deveria ter a mesma cosmovisão em relação a este bom homem. Deveria tirá-lo de Hebron e leva-lo para um lugar seguro, livre dos ardis dos islamitas desnorteados e endemoniados.
Deus abençoe Israel!

Unknown disse...

Concordo!

olga disse...

As autoridades de Israel precisam protege-lo, caso contrário serão apontadas como culpadas caso alguma coisa ruim ocorra a esta família, afinal, Israel é sempre "culpado"! Não sei como isto pode ser feito, mas seria horrível ver alguém perder a vida por agir corretamente como um ser humano decente. E, quando isto ocorre não importa nação ou religião... Fazemos parte da mesma raça! A raça humana!
Shalom Israel!
Olga