sexta-feira, fevereiro 10, 2017

TRUMP: "NÃO CONDENO ISRAEL, MAS..."

A poucos dias da visita do primeiro-ministro israelita a Washington, o presidente norte-americano Donald Trump concedeu a sua primeira entrevista como presidente a um diário israelita, o "Israel Hayom."
Nesta entrevista, Trump elogiou o primeiro-ministro israelita, mas acrescentou sentir que os recentes anúncios de novas construções na Judeia e em Samaria não melhoram as perspectivas de paz na região.
"Conheço muito bem Israel" - afirmou Trump - "e respeito-o. Quero conseguir a paz entre os israelitas e os palestinianos, e até mais do que isso."
Apesar de declarar a sua admiração por Netanyhau como "homem bom, que quer a paz", Trump mesmo assim confessou não entender como é que a expansão das comunidades judaicas na Judeia e Samaria pode promover a paz.
"A terra que resta é limitada, e de cada vez que se toma terra para colonatos, fica menos terra. Não sou daqueles que acredita que expandir os colonatos seja bom para a paz. Mas estamos a estudar todas as possibilidades."
Sobre o relacionamento com Israel, o presidente norte-americano que ele irá melhorar. Trump condenou veementemente o acordo nuclear feito entre o governo de Hussein Obama e o Irão, afirmando ser "um desastre para Israel."
Trump prometeu não condenar Israel durante a sua administração, contudo, em relação à promessa de deslocalizar a embaixada do seu país de Tel Aviv para Jerusalém, afirmou estar a "considerar a questão."

Começo pessoalmente a duvidar da capacidade de Trump de cumprir as suas promessas em relação a Israel. E, ou muito me engano, ou a questão da mudança da embaixada vai continuar a ficar na gaveta, tal como aconteceu com anteriores promessas feitas por presidentes que o antecederam...

Shalom, Israel!

5 comentários:

Victor Nunes disse...

Trump ta errando com quem não pode errar ele precisa cumprir a promessa é reconhecer Jerusalém

De Sousa disse...

Mudar a embaixada para Jerusalém é uma promessa difícil de cumprir...mas, o que é impossível para o homem é possível para Elohim.
[Eu acredito e "profetiso" estarmos a viver na geração que vai assistir aos últimos acontecimentos da história]
Yahushuah está voltando, quem tem ouvidos ouça. Halleluyah X sete [7]

voz que clama no deserto disse...

Como já comentei aqui:
Sempre tive a pulga atrás da orelha com este cara!
Meus irmãos, alguma notícia boa, deste mundo kosmos, virá para Israel?
Basta ler a Palavra!

Daniel Miranda disse...

Ele chegou ao poder com muitas vontades mas está se dando conta que o Sistema é osso duro. Quanto a Israel, está cometendo os mesmos erros do passado; Confiando em governos deste mundo ao invés de confiar no Deus Todo Poderoso.

Victor Nunes disse...

A mudança da embaixada o congresso americano já autorizou desde 1995 so precisa de um presidente com culhão e fibra de aprovar...