sábado, junho 15, 2013

"MODERADO" HASSAN ROHANI GANHA ELEIÇÕES PRESIDENCIAIS NO IRÃO

Mais de 50% dos votantes nas eleições presidenciais de ontem no Irão votaram a favor do alegadamente moderado candidato Hassan Rohani, dando-lhe assim a vitória garantida logo à primeira volta das eleições. 
Esta vitória é surpreendente, uma vez que Rohani era o candidato menos apoiado pelo regime e também porque nenhum observador esperava que algum dos candidatos conseguisse assegurar a vitória necessária logo à primeira volta.
Rohani era o único candidato moderado entre os outros reformadores, numa corrida eleitoral que levava a crer que o poder continuaria nas mãos dos poderosos clérigos de Teerão.
ROHANI A VOTAR
Os opositores do candidato vencedor ficaram bem atrás de Rohani na votação. O candidato vencedor prometeu seguir uma política de interacção com o mundo exterior. 
Mais de 50 milhões de iranianos foram chamados às urnas para votar no presidente que substituirá o polémico e cruel ditador Ahmadinejad, impedido de se candidatar, após dois mandatos consecutivos.
Não se esperam no entanto mudanças na política e relações iranianas com o exterior, muito menos no programa nuclear, uma vez que o verdadeiro poder reside nas mãos do todo-poderoso ayatollah Ali Khamenei, denominado "líder supremo do Irão."
Espera-se no entanto deste novo líder uma atitude de menos confrontação que a do seu antecessor, Ahmadinejad. 
Rohani prometeu na sua campanha uma política internacional baseada numa "interacção construtiva com o mundo" e promover uma "carta de direitos civis" a nível interno. Em alguns dos seus discursos nada agradáveis para o regime islâmico, Rohani prometeu "dar um pontapé aos extremistas."

Até onde irá a "moderação" do novo líder iraniano, ninguém sabe. Só o tempo o dirá, mas no seu passado há um claro ódio a Israel e o apoio à destruição nuclear do "regime sionista"...


Shalom, Israel!

4 comentários:

Paulo Hemmerich disse...

Moderado ou não, estou para conhecer algum muçulmano que não tenha ódio dos judeus e do Estado de Israel e que não queira destruí-los! Outra coisa, essa conversinha de que não são "anti-semitas", mas "anti-sionistas", é papo furado! Entre os muçulmanos isso até é compreensível, haja vista a milenar inimizade entre ambos. Porém, para o resto do mundo, esse anti-judaísmo é particularmente asqueroso! Ali, parece que Hitler fez escola!

Zafenate Panéia disse...

Espero que esse novo presidente do IRÃ não seja insano como o cachorro louco Mahmoud Ahmadinejad.

Anónimo disse...

Não existe essa coisa de "MODERADO" em nenhum líder árabe no Oriente Médio, isso é papo-furado!!

Não acredito em nenhuma palavrinha do discurso desse senhor.Ele vai fazer exatamente o que todos que lhe deram voto não esperam, que é trair cada um de seus supostos posicionamentos de moderação, civilidade e discurso.

Fabiana

Zafenate Panéia disse...

Sr. Paulo Hemmerich, não entendi a ultimas frase de seu comentário: "Ali, parece que Hitler fez escola" Você poderia explanar com melhor clareza?