sexta-feira, julho 04, 2014

APESAR DO "CESSAR FOGO" DE HOJE, TERRORISTAS DISPARAM 15 ROCKETS CONTRA ISRAEL. ISRAEL NÃO RESPONDE...

Aqui se vê a diferença entre quem quer realmente a paz (Israel) e quem fala de "cessar fogo" - obviamente por conveniência e receios - mas continua na prática a lançar foguetes contra as populações inocentes de Israel. Falamos obviamente do Hamas.
Logo pela manhã circulou a notícia veiculada pela BBC de Londres de que teria havido um acordo de "cessar fogo" entre o Hamas e Israel, com mediação do Egipto.
Só que enquanto Israel tem mostrado contenção e até agora não fez qualquer intervenção em Gaza durante o dia de hoje, os terroristas continuam a violar constantemente o cessar fogo e até agora já dispararam desde a meia noite 15 rockets, tendo causado alguns estragos em algumas casas de um kibbutz no sul do país.
Já há algumas horas atrás o sistema de defesa "Iron Dome" conseguiu interceptar e destruir 2 rockets disparados contra a cidade israelita de Ofakim. 
Reagindo ao anúncio do cessar fogo, o primeiro-ministro Netanyahu disse que "a calma seria respondida com calma", avisando contudo que se a situação no sul escalasse para a violência descontrolada, as Forças de Defesa de Israel atacariam fortemente o Hamas, lançando uma significativa operação em Gaza.
E parece que é isso mesmo que os terroristas querem e precisam. Se nunca respeitaram compromissos anteriores, nada leva a crer que o farão agora, a menos que sintam "na pele" o castigo merecido...

VIOLÊNCIA EM JERUSALÉM
Entretanto, na capital Jerusalém, e conforme se previa, os insurrectos palestinianos têm-se manifestado violentamente durante todo o dia, tal como ontem aconteceu, atirando pedras e outros objectos contra a polícia israelita. Estes protestos violentos são segundo eles justificados pelo assassinato de um jovem palestiniano, alegadamente por judeus, como retaliação ao assassinato de 3 adolescentes israelitas. Só que nem está claramente provado quem realmente matou o jovem palestiniano, nem a violência resolve alguma coisa. Mas é essa a única linguagem que os palestinianos parecem conhecer...
Estes confrontos causaram cerca de 35 feridos ligeiros, tendo a polícia israelita tentado tudo por tudo para dispersar os grupos arruaceiros com o mínimo de violência.

Shalom, Israel!


1 comentário:

António Jesus Batalha disse...

Blog encantador,gostei do que vi e li,e desde já lhe dou os parabéns,
também agradeço por partilhar o seu saber, se achar que merece a pena visitar o Peregrino E Servo,também se desejar faça parte dos meus amigos virtuais faça-o de maneira a que possa encontrar o seu blog,para que possa seguir também o seu blog. Paz.
Peregrino E Servo.
http://peregrinoeservoantoniobatalha.blogspot.pt/