sexta-feira, julho 18, 2014

ISRAEL ENTRA EM GAZA - DIA 1





Conforme previsto, as Forças de Defesa de Israel entraram ontem à noite na Faixa de Gaza, dando assim início à 2ª fase da operação "Margem de Protecção."
Tanques, carros de combate e milhares de soldados apoiados pela poderosa aviação e marinha israelitas iniciaram uma arriscada intervenção que visa destruir os muitos túneis que são utilizados pelos terroristas palestinianos para tentar entrar em Israel com o intuito de cometerem atentados e sequestros, e que têm servido para a entrada de armas e explosivos, muitos deles fornecidos pelo Irão.
Israel quer também liquidar as estruturas militares do Hamas, de forma a que durante os próximos tempos Israel possa ver as suas populações do sul a viver tranquilamente, após anos e anos de insegurança e medos dos constantes ataques com rockets disparados da vizinha Gaza.
Israel já conta com o primeiro soldado morto nesta intervenção, o jovem de 20 anos Eitan Barak vítima de um confronto havido no início desta manhã, já em Gaza. Outros 5 soldados israelitas sofreram ligeiros ferimentos, estando alguns sendo tratados no hospital de Berseba. Os palestinianos alegam por seu lado já haver 20 mortos desde o início desta intervenção terrestre.
As Forças de defesa de Israel comunicaram a morte de 14 militantes palestinianos como resultado de diversas trocas de fogo com armas. Segundo as mesma fontes militares, desde as 8 da noite de ontem até às 6 desta manhã cerca de 143 alvos terroristas foram atingidos, tendo sido destruídos 20 lançadores de rockets.
Segundo as autoridades militares, tudo está a decorrer conforme planeado, havendo apenas algumas altercações ao longo do caminho.
A incursão em território de Gaza iniciou-se exactamente às 22H30 locais, após 10 dias de ataques aéreos israelitas como retaliação ao disparos de mais de 1000 rockets desde Gaza.
Israel convocou entretanto mais 18 mil reservistas para esta operação, prevendo-se que seja um esforço determinado de Israel para acabar de vez com as estruturas militares e bélicas do Hamas, e que têm vindo a fortalecer-se nestes últimos anos, em grande parte com a ajuda do Irão.
O acontecimento que levou o governo de Israel a decidir-se pela intervenção terrestre foi alegadamente a tentativa de penetração em território israelita de 13 terroristas do Hamas na madrugada de ontem, e que Israel conseguiu detectar e destruir, conforme descrevemos ontem. essa foi, por assim dizer, a "gota de água" que "empurrou" as autoridades israelitas a se decidirem por esta nova fase da intervenção em Gaza.

POUCOS CONFRONTOS
Segundo residentes de Gaza têm vindo a informar esta manhã, as forças israelitas não estão a entrar nos grandes centros populacionais, mantendo-se a algumas centenas de metros da fronteira. Os tanques também não estão a entrar nas estradas, mantendo-se por enquanto no cima das colinas da zona leste de Gaza. Outras informações dão conta de que os soldados israelitas evitam o contacto com os centros residenciais, procurando neste momento encontrar os túneis por onde se movimentam os terroristas, sendo os poucos confrontos registados à volta desses lugares.
Mais rockets têm entretanto sido disparados contra o sul de Israel, tendo a maior parte sido abatidos pelo sistema de defesa israelita "Cúpula de Ferro" (Iron Dome).
Peçamos a Deus por protecção para os soldados israelitas e para que não hajam mais vítimas civis tanto de um lado como do outro, e para que a intervenção de Israel consiga derrubar as estruturas que são usadas para tentar destruir o Seu povo.

Shalom, Israel!




4 comentários:

Anónimo disse...

Olá.
Desculpa o incomodo, mas será que me pode explicar a causa da guerra entre os israelitas e os palestinos? Ou tem um artigo que pode suprir a minha dúvida?

Anónimo disse...

"Mas quando virem Jerusalém cercada por exércitos, saibam que está próxima a sua destruição" Lucas 21;20.

A Rússia que é Magogue junto com a Pérsia que é o Irã(Ezeq.38), já colocaram seus navios de guerra junto com submarinos no mar Mediterrâneo perto de Israel.

Soberano Senhor Iehouah Elohim disse...

Shalom Anônimo. Há boas fontes em rede disponíveis pra responder, algumas quase neutras. O site Visão Judaica é judeu, amplo e bem humanista. Escrevo o www.iehouah.blogspot.com.br como uma concessão total de poder de voz para uma visão do Absoluto Creador através da antiga herança hebraica. Aí tem indicações espalhadas de artigos e posicionamentos vários. O objetivo, creio, não é tanto literário. Uma obra informativa muito boa foi lançada recentemente pelo notável escritor Jorge Zaverucha - Armadilha em Gaza; Fundamentalismo islâmico e guerra de propaganda contra Israel -. Livro pequeno de 160 páginas, fácil de ler, custando cerca de R$35,00 e disponível em várias livrarias, inclusive de Salvador - capital da Bahia ou cidades comerciais como Feira de Santana. Faz um bom resumo e esclarece com eficiência. Nos Sebos físicos ou virtuais você encontra uma base importante pra entender porque palestinos e árabes se motivam a atacar Israel e judeus na obra 'Anti-semitismo Alemão' de Pierre Soli. Pequeno, fácil, único e desconhecido é surpreendente. A editora Perspectiva lançou 'Antissemitismo e Antisionismo' - prático també. Tenho prazer de lhe enviar relação de obras e links com mais detalhes pelo email: judaismohebraista@gmail.com; e desde que não esteja trabalhando ou ensinando posso responder pelos tim 7191000512 e vivo 7199229472. Agora...

Soberano Senhor Iehouah Elohim disse...

Por favor acesse:
Http://israelxxpalestina.blogspot.com.br/

Palestina

x Israel P...

Martin "sionista." termo ao equivalente era e judeus os descrever para usado era "palestino" termo o 1948, de Antes › diferente? povo um são palestinos Os 3 1 20 de o br m ze de de 13 , ra i fe - a xt se thi...

but world, the move to which from place surprising a seem may Department English University’s olumbia C Muravchik Joshua › Said Edward of Scholarship False The Said: Enough 3 1 20 de o br m ze de de 11 , ra i fe - a t r qua ›

israelitas os são judeus os e Síria a é Palestina A II: Khaldun Ibn 3 1 20 de o br m ze de de 9 , ra i fe - a nd gu se http://

M...

orientemedioemfotos.blogspot.com.br/2013/11/ibn-khaldun-ii-palestina-e-siria-e-os.html Tu...

na Túnis, em Khaldun Ibn de Estátua http://orientemedioemfotos.blogspot.com.br/2013/11/muqaddimah-ibn-khaldun-e-israel-como.html › judeus dos terra a como Israel e Khaldun Ibn Muqaddimah: al-Muqaddasi...

al-Din Shams Ahmad ibn Muhammad http://orientemedioemfotos.blogspot.com.br/2013/11/muqaddasi-o-historiador-arabe-que.html › palestinas alegações as refuta que árabe historiador o Muqaddasi, هل
قام الرسول برحلة الإسراء 3 1 20 de o br m ze de de 7 do, ba sá إلى
فلسطين أم إلى المدينة المنورة
؟ ›
أحمد
محمد عرفة ) جريدة القاهرة سنة
2002 تقريبا ( قال الله ...

تعالى " سبحان الذي أسرى de
o br m ze de de 6 , ra i fe - a xt se 3
1 20 لقد
جلب اليهود الطيبون " "
إلى العرب الحضارة والسلام ›
http://www.jewishpress.com/indepth/analysis/dr-mordechai-kedar/assads-