quinta-feira, junho 30, 2016

PALESTINIANO ASSASSINA MENINA ISRAELITA DE 13 ANOS

Esta manhã o ódio palestiniano escolheu mais uma vítima: desta foi uma menina judia de 13 anos, esfaqueada várias vezes seguidas até à morte por um palestiniano, quando este invadiu a casa de uma família israelita na localidade de Kiryat Arba e se dirigiu ao quarto onde se encontrava a menina a dormir.
A menina Hallel Yaffa Ariel não resistiu às facadas assassinas, apesar de ter sido levada para um hospital da região, acabando por sucumbir. Tornou-se assim mais uma vítima do terrorismo palestiniano. Uma menina inocente, com apenas 13 anos de idade!
Um homem de 31 anos que aparenta ser um segurança foi também esfaqueado por diversas vezes, encontrando-se neste momento hospitalizado, em estado grave.
O terrorista foi abatido a tiro pelas Forças de Defesa de Israel.
Segundo informações, este assassino de 17 anos vinha de uma aldeia próxima, tendo saltado a vedação que separa esta localidade judaica das vizinhanças palestinianas. 
Aos gritos que provinham daquela casa, o homem de 31 anos acorreu imediatamente, encontrando a menina e a cama banhadas em sangue. 

"UM TERRORISTA VEIO E ASSASSINOU-A NA SUA CAMA"
Inconsolável, a mãe da menina assassinada esta manhã desabafou: "Tal como todos os adolescentes nas férias de Verão, a minha filha dormia - tranquila, calma - e veio um terrorista e assassinou-a na sua cama."

Palavras, para quê?

Shalom, Israel!

4 comentários:

Ruben MANUEL PEREIRA Fontoura e Celeste Maria Morais Gonçalves Fontoura. disse...

Esse bandido já se está a deliciar com as 70 virgens que os aldrabões lhe impingiram.

natural handcrafted soap disse...

Meu Deus , ainda achama que religiao misturada com Islam vai adiantar?

Luciano de Paula Lourenço disse...

Coloco-me no lugar dessa família e sinto quão terrível angústia essa família enlutada está passando! Lamento profundamente essa perda. Esse assassino, terrorista, fez exatamente o que o Alcorão manda: matar judeus e cristãos. Seu deus é Alá – deus-lua -, um antissemita insano e cruel.
Oro para que Deus dê o consolo necessário neste momento de perda e grande dor à família enlutada.

Paolo Hemmerich disse...

COVARDES!!! Só atacam inocentes e desarmados, de forma traiçoeira e vil!!! Mas quando veem um soldado israelita, pronto para a luta, fogem covardemente!!! É revoltante esse tipo de covardia, ainda mais contra crianças!!!