quarta-feira, junho 04, 2008

AHMADINEJAD EMBARAÇA AUTORIDADES ITALIANAS


Durante a sua controversa visita actual a Roma, o presidente do Irão Mahmoud Ahmadinejad prosseguiu no seu ataque verbal a Israel, conforme lhe é habitual, alegando que o "falso regime sionista é um fardo político e económico para a Europa, e que irá em breve desaparecer."
O presidente do Irão chegou ontem a Roma para assistir à cimeira da ONU para a segurança alimentar e prontamente começou a atacar Israel: "Os povos europeus têm sofrido os maiores danos por causa dos sionistas, e hoje os custos deste falso regime, sejam eles políticos ou económicos, estão sobre os ombros dos europeus." - afirmou. Mais tarde avisou que Israel está "condenado a desaparecer" com ou sem o envolvimento do Irão.
Ahmadinejad não tem conseguido marcar quaisquer encontros pessoais com líderes ocidentais durante a sua permanência em Roma, incluindo um pedido para uma audiência com o Papa, que foi rejeitada por Bento XVI. Os representantes oficiais italianos também não o incluíram na gala de encerramento da cimeira.
O ódio deste lunático voltar-se-á contra ele próprio, pois quem tenta colidir com os planos de Deus acaba sempre em desgraça.
Shalom, Israel!

1 comentário:

Rosana Silva disse...

AHMADINEJAD QUERENCO UMA AUDIENCIA COM O PAPA E ELE NÃO O QUIS RECEBER? QUE PALHAÇADA! SE O PAPA QUIZESSE TER UMA AUDIENCIA COMIGO, EU É QUE NÃO O QUERIA RECEBER! QUEM É O PAPA? UM PECADOR COMO QUALQUER OUTRO!