sábado, julho 23, 2022

DESCOBERTAS AS MAIS ANTIGAS REPRESENTAÇÕES DE PERSONAGENS BÍBLICAS

Uma equipa de arqueólogos da Universidade norte-americana da Carolina do Norte descobriu nas escavações de uma antiga sinagoga em Israel aquelas que são até agora consideradas as mais antigas representações de figuras bíblicas, neste caso de Débora e de Jael. 

Calcula-se que estes mosaicos tenham cerca de 1.600 anos. Segundo o responsável pela equipa de arqueólogos, "esta é a primeira representação deste episódio (do Livro de Juízes), e é a primeira vez que vemos uma representação de heroínas bíblicas na arte judaica antiga."

"Olhando para o capítulo 19 de Juízes, podemos ver como a história deverá ter tido uma ressonância especial entre a comunidade judaica de Huqoq, uma vez que se desenrolou nessa mesma região geográfica, o território das tribos de Naftali e de Zebulom."

A sinagoga onde agora foram descobertos estes antigos mosaicos situa-se em Huqoq, na Baixa Galiléia, e terá sido construída em finais do século 4º ou início do século 5º d.C.

Os painéis com os mosaicos agora descobertos são feitos com pedras da região da Galiléia. O mosaico está dividido em três secções. Uma delas mostra Débora sentada debaixo de uma palmeira olhando para o comandante Baraque. A pequena parte no centro parece retratar Sísera sentado, e a terceira parte exibe Sísera deitado morto no chão, derramando sangue da cabeça à medida que Jael vai enterrando a estaca na sua fonte.

Shalom, Israel!

Sem comentários: